Dica para as novas mães: metformina protege contra diabetes tipo 2

0

Para mulheres que tiveram diabetes gestacional e temem desenvolver o tipo 2, uma boa notícia: estudo mostra que a metformina diminui em até 40% os riscos da doença.

diabetes gestacional metformina

Metformina: proteção contra o diabetes tipo 2.

A gravidez é uma das épocas mais bonitas na vida de qualquer casal. É, também, um período que exige cuidados para a saúde tanto da futura mamãe quanto do bebê. Por isso, muitas mulheres ficam preocupadas quando recebem o diagnóstico de diabetes gestacional. O que fazer para controlar a glicemia e evitar ao máximo que o diabetes tipo 2 apareça no futuro?

A resposta pode estar em um dos medicamentos mais populares e baratos para tratar o diabetes: a metformina.

 

ENTENDA O DIABETES GESTACIONAL

Cerca de 9% das mulheres grávidas apresentam excesso de açúcar no sangue e são diagnosticadas com o diabetes gestacional, a forma de diabetes que aparece exclusivamente durante a gestação. Esta hiperglicemia deve ser tratada com o máximo cuidado, pois pode levar a complicações no parto e a problemas na saúde do bebê.

Além disso, um dos maiores medos de quem está com diabetes gestacional é se tornar diabética no futuro. Apesar de geralmente regredir após o parto, quem tem esta forma de diabetes corre riscos 7 vezes maiores de desenvolver diabetes tipo 2 em um período de 5 a 10 anos após o nascimento do filho.

 

PREVENÇÃO: DOIS MÉTODOS SUPER EFICIENTES

Por causa destes dados, médicos e equipes de saúde sempre orientam as futuras mães a seguir algumas dicas para evitar a hiperglicemia durante e depois da gravidez.

Em boa parte dos casos, o diabetes gestacional pode ser tratado com uma dieta balanceada – repleta de vitaminas, fibras e minerais, e com poucos açúcares e gorduras – e prática de exercícios físicos moderados. Depois que o bebê nasce, porém, nem sempre é fácil para as mães terem tempo e disposição para realizar estas atividades…

Com um bebê chorando e precisando de atenção constante, é comum muitas mães deixarem de se exercitar e passarem a comer de maneira desregulada. Tudo isto aumenta os riscos do diabetes tipo 2 surgir.

maes cansadas diabetes

Uma possível solução para este problema é tomar metformina. Um estudo publicado na edição de março do periódico científico Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism mostra que a ingestão de metformina reduz em 40% os riscos de diabetes tipo 2 em mulheres que tiveram diabetes gestacional.

A pesquisa acompanhou a saúde de 1.700 mulheres durante 10 anos, nos EUA. As voluntárias foram divididas em dois grupos: as que tiveram e que não tiveram diabetes gestacional. Após o parto, ambos os grupos passaram ou a praticar atividades físicas e cuidar da dieta ou então a tomar metformina.

Os resultados são pra lá de animadores:

  • Entre as mulheres que tiveram diabetes na gravidez, mudanças no estilo de vida diminuíram em 35% as chances de diabetes tipo 2. Tomar metformina reduziu ainda mais, em 40%.
  • Nas mulheres que não tiveram diabetes gestacional, as mudanças no estilo de vida reduziram os riscos de diabetes em 30%. A metformina não mostrou efeito algum nestes casos.

 

A dra. Vanita Aroda, principal autora do estudo, disse: “Este é provavelmente o maior estudo sobre a progressão para o diabetes tipo 2 em mulheres que tiveram diabetes durante a gravidez”.

“É importante diagnosticar se uma mulher teve diabetes gestacional ou não. As pessoas tendem a se esquecer disto após o parto, mas o risco de desenvolver diabetes após alguns anos é bem alto, e este estudo pode ser um ajuda para tratar o problema”, afirmou.

Se você é mãe, teve diabetes na gravidez e está preocupada com o diabetes tipo 2 no futuro, converse com seu médico sobre possíveis maneiras de evitar a doença. Caso mudanças no estilo de vida não sejam adequadas ou não estejam fazendo efeito, a metformina pode ser uma opção viável para melhorar a qualidade de vida.

Compartilhe!