Diabetes tipo 2 já é considerada “doença de jovens”

1

Explosão no número de diagnósticos de diabetes nas últimas décadas, em especial entre pessoas com menos de 40 anos, indica tendência alarmante.

diabetes em jovens

Diversas pesquisas ao longo dos últimos anos demonstram que o número de casos de diabetes tipo 2 no mundo cresce a cada ano que passa. Mais do que isso, os dados indicam que as pessoas têm sido diagnosticadas com a doença cada vez mais cedo. Mesmo sabendo disso, pesquisadores se assustaram quando analisaram dados referentes ao diabetes no Reino Unido nos últimos 20 anos. Neste curto período de tempo, houve uma explosão tão grande no número de casos de diabetes tipo 2 que, agora, há muitos especialistas dizendo que o diabetes tipo 2 já pode ser considerada uma doença também de pessoas bem jovens.

Craig Currie, professor da Escola de Medicina da Universidade de Cardiff, na Inglaterra, juntou-se a colegas e analisou os números do serviço público de saúde bretão sobre diagnósticos de diabetes tipo 2 entre 1991 e 2010. Em vinte anos, o crescimento na quantidade de novos casos de diabetes foi de incríveis 275%. Mais do que isto: dentre britânicos com menos de 40 anos de idade, o crescimento foi de explosivos 820%. A pesquisa foi publicada na revista científica Diabetes Obesity and Metabolism.

“Nós já sabemos há algum tempo que a incidência de novos casos e a prevalência de pessoas com diabetes tipo 2 têm aumentado”, disse Currie. Para se ter uma idéia do tamanho do problema, entre 1991 e 1995, cerca de 6% dos diabéticos tipo 2 diagnosticados no Reino Unido tinham menos de 40 anos de idade. Em 2010, este percentual subiu para mais de 12%.

“Nós também sabemos que há um aumento na prevalência do diabetes tipo 2 em crianças e adolescentes. Acredita-se que isto seja causado por diversos fatores como obesidade, a dieta alimentar e histórico familiar”, completou o pesquisador. Em uma entrevista polêmica, ele culpou principalmente a falta de cuidados com a alimentação por parte da população britânica como a grande vilã no aumento da prevalência do diabetes. “Você tem que ter morado em Marte para não saber que estar gordo vai te causar alguns problemas”, afirmou o cientista.

O pesquisador Craig Currie, da Universidade de Cardiff, revelou preocupação com os dados de sua nova pesquisa sobre o diabetes tipo 2.

O pesquisador Craig Currie, da Universidade de Cardiff, revelou preocupação com os dados de sua nova pesquisa sobre o diabetes tipo 2.

Sejam quais forem os fatores que ajudam a aumentar o número de diabéticos tipo 2 no mundo inteiro, os pesquisadores alertam quanto aos perigos de pessoas cada vez mais jovens estarem com a condição. Segundo eles, quanto mais cedo alguém for diagnosticado com o diabetes, maiores as chances do sujeito desenvolver, no futuro, alguma das várias complicações relativas à doença.

Currie também alertou para o fato de que o número crescente de jovens e jovens adultos com diabetes pode significar um peso muito grande ao sistema de saúde e aos cofres públicos. “Isto vai, sem dúvida nenhuma, sobrecarregar os recursos da saúde pública e resultar em pior qualidade de vida. O início do diabetes em idades menores pode também levar à morte prematura”, avisou.

Portanto, não tem jeito: a fim de evitar todos estes efeitos negativos que o diabetes pode trazer, especialmente quanto mal cuidado, prevenção é a palavra de ordem para todos!

Compartilhe!
  • Gostariamos de receber texto para que possamos publicar com autorização em nosso Jornal Informativo da Associação Sempre Amigos.Obrigado