Apneia do sono: saiba o que é e como tratar

3

A apneia do sono é um problema bastante comum e que prejudica, em especial, quem está com diabetes. Aprenda sobre ela e saiba como preveni-la!

apneia do sono diabetes

Se você acorda várias vezes durante a noite, tem dificuldades para dormir e sente sono durante o dia, fique atento: você pode ter apneia do sono. Essa doença é bastante frequente na população – dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia apontam que cerca de um terço das pessoas sofre dela na cidade de São Paulo. Agora, um novo estudo revelou que a apneia do sono é especialmente prejudicial para quem tem diabetes. Entenda o porquê e saiba o que fazer para prevenir e tratar essa doença.

O QUE É APNEIA DO SONO?

esquema apneia do sono diabetes

Na apneia do sono, o ar encontra dificuldade para chegar aos pulmões, causando desconforto e falta de oxigenação adequada.

Enquanto dormimos, ocorre um relaxamento natural dos músculos da garganta. Esse relaxamento pode fazer com que a garganta se feche por alguns segundos e interrompa a passagem de oxigênio. Apneia do sono é quando esses fechamentos duram mais de 10 segundos e acontecem com frequencia durante a noite. A falta de oxigênio faz a pessoa acordar, prejudicando seu sono e sua qualidade de vida também durante o dia.

 

A pesquisa, conduzida pela Universidade de Chicago, contou com 115 pacientes de diabetes tipo 2. Os voluntários foram monitorados enquanto dormiam e fizeram um exame de sangue pela manhã para verificar a glicemia. Os resultados revelaram que quem sofria de apneia durante a fase de sono REM tinha índices maiores de glicose no sangue quando acordavam. Mas por que isso acontece?

 

O QUE É SONO REM?

O sono REM (da sigla em inglês rapid eye movement) é uma fase profunda do sono – é durante ela que sonhamos. Sua principal característica é o movimento rápido dos olhos que ocorre enquanto estamos dormindo. Ele acontece geralmente algumas horas após o início do sono e é extremamente importante para uma boa qualidade de vida durante o dia.

 

A apneia do sono causa uma diminuição nos níveis de oxigênio no sangue. Essa condição, chamada de hipóxia, é tóxica para as células beta, responsáveis por produzir insulina. Além disso, a apneia faz as pessoas acordarem e a interrupção do sono REM também é prejudicial à secreção de insulina. Um estudo francês, publicado em 2011, mostrou que pacientes de diabetes que sofriam de apneia do sono tinham a glicemia até 38% maior durante o sono REM.

 

COMO PREVENIR E TRATAR A APNEIA DO SONO?

mascara CPAP apneia do sono diabetes

As máscaras para tratar a apneia do sono não são nem um pouco bonitas, mas funcionam bem.

Para prevenir e tratar casos leves dessa doença, é recomendado:

  • Evitar o consumo de álcool;
  • Perder peso – pessoas obesas têm maior chance de sofrerem de apneia do sono;
  • Dormir de lado – dormir de barriga virada pra cima aumenta as chances de apneia do sono.

Em casos mais graves, tipos especiais de máscaras – chamadas de CPAP – podem ser utilizadas para manter a circulação de oxigênio durante toda a noite.

Se você tem diabetes e suspeita que está sofrendo de apneia do sono, consulte um médico. Tratar a apneia pode melhorar também o tratamento do diabetes, melhorando o controle da glicemia e promovendo uma melhor qualidade de vida durante o dia e a noite.

 

ricardo schinaider de aguiar perfil diabeticool

Ricardo Aguiar é biólogo (UNICAMP), especialista em divulgação científica (LABJOR/UNICAMP) e colabora com o Diabeticool trazendo para a gente as últimas e mais empolgantes novidades da Ciência relacionadas ao diabetes, à saúde e a um estilo de vida mais saudável.

 

 

Compartilhe!
  • Sergio Guilhamil

    Gostei do que li ,muito claro e direto sem rodeios.

  • ema segalla

    ótima explanação, bem formuladas as respostas de ótima compreensão.

  • Agradecemos, Ema!