Home Como tratar Equipe de diabéticos arrasa no Tour do Rio 2012

Equipe de diabéticos arrasa no Tour do Rio 2012

“Team Type 1”, equipe formada só por diabéticos, alcança excelente colocação na mais importante competição de ciclismo de estrada da América Latina!

Team Type 1 fez bonito na última edição do Tour do Rio

 

Há poucos dias, no finalzinho de agosto, ocorreu o Tour do Rio 2012, importante e reconhecida competição internacional de ciclismo. Equipes do mundo inteiro, de Ruanda ao Equador, participaram do evento. Um dos grandes destaques é o “Team Type 1“, dos EUA, grupo formado apenas por diabéticos tipo 1 e patrocinado pela farmacêutica Sanofi. Após as cinco etapas do tour, a equipe terminou a competição em quinto lugar no ranking geral (de um total de 16 times). Foi a segunda melhor colocação até agora do Team Type 1. Em algumas etapas, integrantes do grupo chegaram a alcançar o segundo lugar no pódio.

A equipe surgiu no início dos anos 2000, idéia dos amigos Phil Southerland e Joe Eldridge, ambos diabéticos e desejosos por incentivar a prática de esportes aos seus colegas do tipo 1.  “Phil e Joe queriam mostrar que o diabetes não é um fator que limite a vida das pessoas, mas que os diabéticos também podem fazer atividade física”, explicou Jack Seehafer, diretor do Team Type 1.

O site oficial do evento dá detalhes de como foi o surgimento do grupo e o que se passava na cabeça de seus idealizadores ao concebê-lo:

“Do encontro de dois estudantes-atletas numa competição de faculdade nasceu uma das mais respeitadas equipes de ciclismo do mundo. Phil Southerland e Joe Eldridge, ambos diabéticos, se conheceram em 2003. Da amizade nasceu uma provocação mútua – e saudável – para ver quem lidava melhor com a doença, regada a jantares pagos. Provas vivas de que é possível competir em alto nível, apesar do diabetes tipo 1, eles tiraram da doença o incentivo e a inspiração para criar uma equipe profissional. Nascia ali a Team Type 1, equipe americana que ficou em 3º lugar no Tour do Rio de 2010 e volta em 2012 para a maior competição de ciclismo das Américas.

Logo no primeiro ano de existência, e sem saber, eles já previam a vinda para o Brasil. Depois de dividir a história com outros corredores – inclusive outros diabéticos – Phil sugeriu a Joe fazer “algo grande, como correr pela América“. No inglês clássico, eles queriam apenas rodar o país-natal, sem saber que acabariam por atravessar o continente e chegar também à América Latina, junto de toda uma equipe.

Atualmente, são mais de 100 atletas, em várias categorias. A missão, segundo eles, é “espalhar esperança para as pessoas diabéticas ao redor do mundo. Porque com a dieta apropriada, exercícios e tratamento, é possível que qualquer diabético alcance seus sonhos”.”

 

Continue lendo a matéria aqui!

 

O diabetes tipo 1, por exigir maior atenção e cuidados por parte dos diabéticos em seu tratamento, pode ser uma dor de cabeça. Ou, então, pode se tornar um incentivo a mais para se levar uma vida saudável e regrada! É comum vermos diabéticos tipo 1 dizendo que todas as dificuldades inerentes à sua condição os tornam mais fortes e os estimulam a realizar seus sonhos e vencer na vida. No mundo dos esportes não é diferente – veja o incrível caso do jogador de futebol Washington, por exemplo, ou da incrível e vencedora equipe de ciclismo Team Type 1.

Levar uma vida saudável, com bons hábitos de alimentação e prática constante de esportes, é uma sábia receita para se viver de bem com o diabetes tipo 1. Saber que há esportistas campeões estimulando este comportamento é mais uma ótima notícia!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também!

Retrospectiva 2019: novas maneiras de combater a hipoglicemia com glucagon

Esta matéria faz parte do especial do Diabeticool sobre o ano de 2019 para quem convive co…