Uma simples medida para excelentes resultados

0

Hospital britânico inova no tratamento de diabéticos e mostra qual é o melhor caminho para se curar a condição!

Hospital Southampton, em Hampshire, Reino Unido

Todos nós sabemos que ainda não há uma cura médica para o diabetes, apesar dos inúmeros pesquisadores trabalhando com afinco em todo mundo em busca de uma solução para a condição. Porém, é fundamental lembrar de uma coisa: é possível conviver normalmente com o diabetes, como se a doença nem existisse. Para tanto, “basta que o paciente esteja bem informado e tenha vontade de cuidar bem da sua saúde“.

Com isto em mente, o Southampton General Hospital, lá na Inglaterra, provou de uma vez por todas que a melhor maneira de curar o diabetes é educando bem os pacientes. Para isso, criou uma força-tarefa especializada, que, em apenas três meses, aumentou de maneira inédita a qualidade de vida dos diabéticos do local.

A receita foi simples: a força-tarefa, composta por especialistas em diabetes, forneceu suporte diário exclusivo para cerca de 400 pacientes diabéticos em várias alas do hospital. A meta era ajudar a tratar qualquer complicação diabética ainda nos estágios iniciais. Os especialistas também realizaram checkups todos os dias – incluindo os fundamentais exames nos pés – e, o mais importante, certificaram-se de responder a todas as dúvidas dos pacientes, explicar detalhes sobre a doença e ministrar palestras educativas em todo o hospital, em um enorme esforço de conscientização sobre a doença e seus tratamentos.

O resultado: em apenas três meses, o projeto ajudou a prevenir 45 erros de medicação relacionados ao diabetes, diminuiu as taxas de readmissão em 4% e reduziu o tempo de internação no hospital, gerando uma economia anual de mais de 600 mil reais.

O dr. Mayank Patel, líder do projeto, diz: “Quando tínhamos apenas uma enfermeira especializada em diabetes e um nutricionista de meio-período trabalhando com um consultor e um farmacêutico – os quais tinham que dividir o trabalho de diabetes com demais tarefas médicas gerais antes do lançamento deste projeto -, a experiência para os pacientes com diabetes era muito ruim, e isto precisava mudar.” E explica, animado: “Ao mudar o foco para dar atenção ao diabetes dos pacientes antes que eles tenham problemas e permitindo que nós dedicássemos tempo a eles e à equipe médica que os tratava, nós vimos uma transformação radical acontecer.”

A idéia deu tão certo que o hospital, juntamente com o dr. Patel, pretende expandir o conceito para doenças como o derrame e para as áreas cirúrgicas.

O Diabeticool já publicou mais artigos relacionando uma enorme melhora na vida de diabéticos a medidas simples por parte da comunidade médica. Leia também “Como melhorar o humor, a glicemia e a qualidade de vida da maneira mais simples possível!” e “Reino Unido tem a prova cabal de que pesquisa do post abaixo é o óbvio ululante“.

 

Compartilhe!