Carnaval e diabetes: uma combinação perfeita!

1

Dicas do doutor Carlos Eduardo Couri para diabéticos curtirem o Carnaval com muita saúde e alegria!

carnaval e o diabetes

O Carnaval é uma época especial do ano para muitas pessoas. Uns aproveitam para descansar, meditar… mas a maioria entra na folia e aproveita a festa.

Obviamente que diabéticos deitam e rolam tanto quanto quaisquer outras pessoas, quer sejam adultos, jovens ou crianças.

Conforme discutimos em posts anteriores, o paciente diabético deve ter uma vida normal, porém com alguns cuidados necessários.

Algumas dicas são importantes para o carnaval e podem ser utilizadas para outras épocas do ano:

 

1– Beba de 2 a 3 litros de líquidos ao longo do dia, preferivelmente água. Caso ingerir sucos, lembre-se de dilui-los em água e lembre-se de contabilizar as frutas na sua cota diária conforme orientação da nutricionista.

2– Não exagere no álcool. Cheque com seu médico se seu controle atual do diabetes permite a ingesta alcoólica. Não ingira mais do que 2 latas de cerveja ou 1 dose de destilado ou 2 taças de vinho. A hidratação é fundamental.

3– Antes de sair para a folia, alimente-se. Lembre-se de fazer alimentação leve a cada 3 horas. Na minha opinião a barrinha de cereal é uma ótima pedida para ter no bolso. Evite ingerir frituras e gorduras que normalmente são vendidos em lanchonetes, barraquinhas, etc.

4– Tenha sempre em mãos sua carteirinha de identificação de paciente diabético com nome e telefone de contato dos parentes, residência, etc. [caso não a possua, adquiri-a aqui neste link, ao final do texto!]

5– É fundamental ter no bolso o açúcar líquido ou para ser usado em casos de hipoglicemia mais grave. Ele é absorvido mais rapidamente.

6– Meça sua glicemia capilar antes de sair e, se possível, leve seu glicosímetro para caso de se sentir mal durante a festa. Isto quebra o maior galho.

7– Se for viajar e curtir o Carnaval em outra cidade, leve consigo suas receitas e insumos necessários. Lembre-se de levar quantidade suficiente para o dobro de dias, caso haja algum imprevisto.

8– Use calçados confortáveis. Lesões de pé são freqüentes no Carnaval e é sempre bom prevenir. Evite chinelos e sandálias abertas. Estes deixam os pés expostos a machucados.

9– Se estiver em grupo, certifique de que todos saibam que você é diabético. Muitas vezes pessoas menos avisadas podem achar erradamente que um estado hipoglicêmico é sinal de embriaguez.

10APROVEITE O CARNAVAL!

 

Por Dr Carlos Eduardo Barra Couri

PhD em Endocrinologia pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP Pesquisador da Equipe de Transplante de Células-tronco – USP – Ribeirão Preto. Possui pesquisas, prêmios e publicações internacionais sobre diabetes tipo 1 e terapia com células-tronco.

Acompanhe suas postagens em: http://carloseduardocouri.blogspot.com.br  e www.twitter.com/cecouri

 

Compartilhe!
  • Sempre tenho lido essas orientações para diabéticos.
    É sempre um alerta para as pessoas que cuidam de sua saúde.
    Agradeço a gentileza dos alertas para termos mais consciência e respeito para com nossa saúde.