paula toller diabetes
Home Famosos Paula Toller e o diabetes

Paula Toller e o diabetes

Vocalista da banda Kid Abelha descobriu o diabetes há 10 anos, e mudou sua rotina para manter a saúde.

Paula Toller é a belíssima e super talentosa vocalista da banda Kid Abelha, um dos maiores sucessos do pop rock brasileiro de todos os tempos. Quem não conhece hits estrondosos como “Fixação“, “Te amo pra sempre” e “Lágrimas e chuva“? Além de exímia intérprete musical, Toller é, também, uma “musa” e inspiração para quem convive com o diabetes tipo 1 – assim como ela!

Paula descobriu que estava com diabetes em 2009, durante uma visita de rotina ao dermatologista. O médico estranhou a magreza extrema da moça e sugeriu exames, que apontaram a hiperglicemia (a glicemia de Paula estava super alta na época: 340 mg/dL!!). A cantora também estava sentindo muita sede, mas, como era verão, achou até normal. Somente depois do diagnóstico é que conectou a sede intensa ao diabetes.

Desde então, a cantora adotou um controle mais rigoroso da alimentação e capricha nos exercícios físicos – isso sem contar o uso constante de insulina.

“Depois que descobri o diabetes tipo 1 no verão de 2009, precisei adaptar minha rotina para poder incluir a monitorização da glicemia e a aplicação da insulina. Sempre tive hábitos saudáveis, mas o diabetes me deixou ainda mais.”

Segundo a cantora, ter descoberto o diabetes foi angustiante. Seu pai é diabético tipo 1, e ela bem sabia como era trabalhoso manter um rigoroso controle sobre a alimentação. Paula, inclusive, chega a falar de um “período de negação” logo após o diagnóstico.

Diabeticool - Paula Toller e o diabetes - 2019

Mas logo isso passou. Paula Toller ergueu a cabeça e começou, com a ajuda de médicos, a montar uma rotina mais saudável, focada no combate ao diabetes. Os dois pilares são boa alimentação e exercícios físicos diários. Na parte da alimentação, a cantora faz contagem de carboidratos a cada refeição (e sugere que qualquer pessoa que pretenda perder peso faça o mesmo!), nunca pula refeições e sempre se lembra da insulina. E quanto aos exercícios físicos, Toller garante que praticá-los “faz tão bem ao corpo quanto a insulina”!

“Começo a atividade [física] com a glicemia em 150 mg/dl e depois da corrida ela cai para 80 mg/dl. Se não consigo correr, faço caminhada, academia, pilates ou jogo tênis. Não importa o tipo de exercício, desde que eu faça todos os dias”.

Tanta atenção ao corpo e ao controle do diabetes geram resultados visíveis. Fazendo 58 anos de idade em 2020 (acredite!), a bela e saudável Paula Toller é um exemplo claro dos benefícios do cuidado constante com o corpo e com a saúde. E é, também, um exemplo para todos que descobriram o diabetes de como encarar este desafio sem desanimar, mudando de vida para se manter sempre super saudável.

Aproveitando a deixa, que tal curtir um pouco mais do talento de Paula Toller no vídeo a seguir? Boa diversão!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também!

COVID-19 severa e diabetes: o que os médicos estão dizendo sobre tratamentos?

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, sabe-se que há alguns grupos de risco espe…