Um “D” de diabetes nos céus

0

Pilotos de avião, todos com diabetes, fazem criativa homenagem a colegas que têm a doença e batem recorde nacional de aviação!

Os heróis do recorde nacional.

Seis pilotos de avião ingleses, todos eles com diabetes, subiram em suas máquinas no sábado, 1 de setembro, e, lá no alto, formaram um “D” de “diabetes” nos céus da Inglaterra. Mantendo esta formação, saíram de Derby e passaram pelas seguintes cidades, nesta ordem: Ibstock, Ashton Flameville, Buckingham, Emmington, Twyford e Earley, terminando o percurso no aeroporto de Southampton. O trajeto foi completado em 1 hora, 22 minutos e 38 segundos, batendo o recorde nacional de velocidade de vôos em formação do país.

Não por coincidência, a formação em “D” dos aviões bateu o recorde completando um percurso que, considerando apenas a primeira letra das cidades pelas quais passou, forma a palavra “diabetes”.

O vôo especial foi marcado a fim de comemorar a decisão da Autoridade Civil de Aviação do Reino Unido de liberar diabéticos tipo 1 qualificados a pilotarem aviões, desde que sigam à risca o tratamento com insulina. Até então, quando se descobria que um piloto tinha diabetes, seu brevê era imediatamente revogado pelo governo bretão. A medida considerava imprudente deixar um avião nas mãos de pilotos que poderiam sofrer choques hipoglicêmicos, por exemplo, e não levava em conta os cuidados pessoais dos diabéticos no controle da doença.

Todos os seis pilotos que bateram o recorde nacional são habilitados e sofreram restrições de vôo quando anunciaram que tinham diabetes.

 

Compartilhe!