Mundo celebra o 14 de Novembro – Dia Mundial do Diabetes

0

Centenas de eventos ao redor do mundo celebram o Dia Mundial do Diabetes, atestando a importância do diabetes na vida de todos nós.

dia-mundial-do-diabetes-2016

 

Dia 14 de Novembro é uma data super especial para milhões de ‘docinhos’ em todo o mundo.

Hoje é o Dia Mundial do Diabetes, uma data marcada para celebrar a resiliência e a força das mais de 415 milhões de pessoas em todo o mundo que convivem com essa condição.

Aqui no Brasil, somos 14 milhões de doces guerreiros, lutando bravamente para fortalecer nossa saúde e aprender mais sobre como nosso corpo funciona.

A data está sendo celebrada de maneira caprichada pelas terras tupiniquins. Diversos eventos ocorrem em todo o país, variando desde testes diagnósticos a orientações alimentares. O importante é transmitir às pessoas – estejam elas com diabetes ou não – tudo o que sabemos sobre o diabetes. Informação é fundamental para uma qualidade de vida nota 10.

Até mesmo o Google entrou na onda do Dia Mundial. Em diversos países do mundo (o Brasil está fora desta lista, infelizmente!), quem acessar o buscador verá um desenho de ninguém menos que Frederick Banting, o cientista reconhecido por ser o primeiro a utilizar a insulina em seres humanos.

google-doodle-14-de-novembro-dia-mundial-do-diabetes

Até hoje Banting é o mais jovem ganhador do Nobel de Medicina. Ele tinha 32 anos quando foi agraciado pelo seu trabalho com a insulina.

Descubra a história de Frederick e dos primeiros seres vivos ‘tratados’ com insulina na nossa ‘História do Diabetes’! A Parte 2, ‘De uma Decepção Amorosa’, conta bastante sobre essa personalidade marcante na história da Medicina. Acesse pelo link abaixo!

A História do Diabetes – Parte 2 – de uma Decepção Amorosa

 

No ‘doodle’ do Google (‘doodle’ é o nome que se dá aos desenhos comemorativos do buscador), o segundo ‘O’ da marca é substituído por um frasco de insulina. Há, ainda, uma ilustração do dr. Banting e uma imagem esquematizada de um ser humano com o pâncreas (o órgão que tem tudo a ver com o diabetes!) em destaque.

 

GRANDES VITÓRIAS, GRANDES ESPERANÇAS

insulina primeira seringa

Seringa de aplicação de insulina do ano de 1926. Felizmente a Medicina evoluiu muito desde então!

Desde a descoberta de Banting e seus companheiros, muita coisa mudou no mundo do diabetes. A cada ano que passa, a Medicina e a Ciência avançam, trazendo novidades em tratamentos que prometem maior eficiência e menor incômodo aos usuários.

Todavia, ainda estamos longe (será mesmo?) de uma cura definitiva. O diabetes é uma condição complicadíssima, afetando o organismo inteiro, por completo. Por isso, é muito difícil tratar apenas o diabetes sem afetar demais órgãos e sistemas. Mas o trabalho não para nesse sentido, e temos mesmo de vibrar a cada novidade anunciada pelos grupos de pesquisa.

Enquanto a cura não vem, entra uma função que é de todos nós: cuidar bem da nossa saúde. Isso é, visitar regularmente o médico/endocrinologista, cuidar do que comemos, praticar exercícios, evitar o sedentarismo, jamais descuidar dos medicamentos e, sem dúvida, nos informarmos sempre sobre esse doce ‘companheiro’ de nossas vidas!

nadador-matheus-santana-diabetes-tipo-1

Hoje, estar com diabetes não precisa limitar uma pessoa em nada. Temos inúmeros exemplos de ‘super-heróis’, como o nadador Matheus Santana, que conseguem ser campeões mundiais e cuidar da saúde com diligência, todos os dias. É preciso muita força de vontade, determinação e informação. Mas viver com máxima qualidade de vida é possível!

 

Afinal, é apenas com informação de qualidade que compreendemos o que está acontecendo com nosso corpo e o que podemos fazer para melhorar nossa saúde. É assim que evitamos as milhares de ‘curas milagrosas’ da internet – que só nos trazem desgraças! – e aprendemos a cuidar de verdade do nosso corpo, com toda a seriedade e o compromisso que isso exige.

Conte sempre com o empenho do portal Diabeticool para trazer a você informação de qualidade sobre o diabetes. Em primeira mão. De um jeito simples de entender. Para nós, as celebrações do Dia Mundial se estendem pelo ano inteiro! 🙂

 

Compartilhe!