Expectativa de vida de jovens com diabetes é 80% maior do que há 40 anos

0

Relatório do governo norte-americano mostra aumento enorme na sobrevivência de jovens com diabetes, em comparação à década de 1960. Nos últimos anos, porém, as notícias não são tão boas…entenda o porquê.

As taxas de falecimento de jovens em decorrência do diabetes caem continuamente há mais de 40 anos.

O Centers for Disease Control and Prevention (CDC), famoso órgão do governo dos EUA que fica de olho na saúde da população americana, liberou um relatório este mês mostrando os índices de falecimento de jovens em decorrência do diabetes. O estudo comparou dados de 1968 a 2009 e abrange dois grupos: crianças abaixo dos 10 anos de idade e jovens de 10 a 19 anos. Os resultados são animadores.

De acordo com o trabalho, nos últimos 40 anos houve uma redução de 78% no número de mortes de crianças diabéticas com menos de 10 anos. A queda foi de 52% no grupo de jovens diabéticos entre 10-19 anos. O CDC argumenta que tamanha melhora é devida aos modernos métodos de tratamento da condição, incluindo aumento no conhecimento nutricional, ampla variedade de medicamentos de controle e maneiras mais eficientes de monitoramento da doença.

Nas últimas décadas, porém, a taxa de queda do número de mortes vem diminuindo. Ou seja, jovens diabéticos continuam sobrevivendo mais e mais, porém em números que não acompanham os bons índices de antigamente.

De acordo com os americanos, há dois fatores influindo negativamente na saúde dos jovens modernos. O primeiro são péssimos hábitos alimentares, como o fast food. Os eficientes métodos de controle do diabetes que existem hoje competem com uma cultura de alimentação desequilibrada na vida das crianças e adolescentes – muitas vezes perdendo a batalha! O segundo motivo pela diminuição na queda, por incrível que pareça, é uma conseqüência dos modernos tratamentos: como hoje em dia é mais fácil tratar o diabetes, o que faz com que as pessoas sobrevivam mais, o número de jovens com a doença tende, naturalmente, a aumentar.

Vale atentar para mais um detalhe do relatório do CDC: as maiores causas de morte de jovens com diabetes são cetoacidose e hipoglicemia. Clique sobre os nomes das condições ao lado para saber mais sobre elas!

 

Compartilhe!