Critérios para o Diagnóstico do Diabetes Tipo 1

6

Quer saber direitinho como os médicos fazem para diagnosticar o diabetes? Aprenda com o Diabetes sem Medo!

As vezes são necessários testes adicionais para diferenciar o diagnóstico de diabetes tipo 1 do diabetes tipo 2, especialmente em pacientes jovens ou magros. Pacientes com suspeita de diabetes tipo 1 algumas vezes podem ser identificados pelo nível baixo ou não detectado de peptídio C e pela evidência sorológica de anti corpos anti glutamato descarboxilase (GAD).

O peptídeo C é um bioproduto formado quando a pró-insulina é processada em insulina. Níveis baixos ou não detectados de peptídeo C indicam a falta de secreção de insulina pelas células beta pancreáticas e sugerem diabetes tipo 1.

O resultado positivo para anti corpo anti glutamato descarboxilase (GAD) indica a presença de destruição autoimune das células beta, também sugere diabetes tipo 1.

Clique na imagem para ampliá-la.

Clique na imagem para ampliá-la.

 

Compartilhe!