A absolvição da gordura saturada?

0

Revisão da literatura científica garante: não há evidências de que comer carnes, queijos e manteiga – ricos em gordura saturada – leve a problemas cardíacos.

comer queijo faz bem diabetes

Há mais de 40 anos ouvimos a mesma ladainha: devemos comer porções bem pequenininhas de carne vermelha, queijos, manteiga e demais produtos lácteos, porque eles contêm muita gordura saturada e ela faz mal à saúde, causando sérios problemas cardíacos (como enfartos). Ao invés, devemos preferir as gorduras insaturadas, presentes em alimentos como o azeite de oliva, sementes e peixes. O problema destas orientações alimentares é que elas podem não apenas ser falsas, como também trazer mais danos à saúde do que parece.

Um estudo publicado na mais recente edição da revista científica Annals of Internal Medicine, liderado por cientistas da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, reanalisou os dados de mais de 70 trabalhos científicos que correlacionavam o consumo de gorduras saturadas e insaturadas a problemas cardíacos.

A conclusão da revisão é clara: não há evidências na literatura científica de que comer bastante gorduras insaturadas e pouco das saturadas traga benefícios à saúde do coração.

A descoberta tem conotação especial para quem está com diabetes e deve planejar com cuidado as refeições. Doenças cardíacas são uma das grandes inimigas da saúde dos diabéticos, sendo 5 vezes mais incidentes neste grupo do que no restante da população.

 

OS DEFENSORES DA GORDURA FESTEJAM

Há vários anos, trabalhos de grupos de pesquisa de todo o mundo defendem a tese de que abdicar das gorduras saturadas nunca foi uma boa idéia. De acordo com vários cientistas, elas são necessárias à manutenção do equilíbrio natural de componentes do nosso organismo. Ingerir quantidades saudáveis de gorduras saturadas, segundo os defensores deste tipo de gordura, ajudaria a diminuir o colesterol ruim do sangue – atualmente provenientes principalmente dos carboidratos adicionados à dieta pela indústria alimentícia após a declaração de guerra dos nutricionistas e governos contra as gorduras saturadas.

Seja como for, o segredo para uma alimentação saudável continua sendo, é claro, a moderação. O importante é ingerir diariamente alimentos que contenham bastante vitaminas, proteínas e fibras, e poucos açúcares e gorduras (sejam elas saturadas ou insaturadas!).

Comentando a notícia à agência de notícias Reuters, Linda Van Horn, ex-presidente do Comitê de Orientações Dietárias dos EUA, mostrou que não gostou nem um pouquinho da novidade: “As pessoas precisam comer do jeito que foi recomendado (…) O povo gosta dos seus hambúrgueres e de seus cachorros-quentes, mas este estudo ainda não os torna nutritivos”.

manteiga alimento diabetes

De acordo com o novo estudo, a manteiga pode voltar à mesa, desde que ingerida sem exageros.

 

Compartilhe!