Glicemia

GLICEMIA É A QUANTIDADE DE AÇÚCAR NO SANGUE EM UM DADO MOMENTO.

Esta quantidade varia durante o dia. Por exemplo, após uma refeição, a glicemia sobe, uma vez que ingerimos açúcares; quando dormimos, a glicemia desce, já que estamos gastando energia em forma de açúcar para manter o corpo funcionando e não ingerimos nenhum alimento.

Não existe um valor único ideal de glicemia. Ela varia de pessoa para pessoa, de acordo com os hábitos de vida e de alimentação, idade, sexo, dentre outros fatores. Então, quando falamos em glicemia, sempre estamos nos referindo a uma faixa de valores.

picada glicosímetro diabetes

Quase todo diabético conhece este aparelhinho para medir glicemia: o glicosímetro.

Por exemplo, a glicemia de jejum considera normal encontra-se na faixa de 70 a 110 mg de glicose para cada dL de sangue (apesar de parecerem um pouco estranhas, estas unidades são as mais usadas pelos aparelhos medidores de glicemia encontrados no Brasil!). Caso a glicemia de jejum de uma pessoa esteja acima de 126mg/dL, já se considera que ela tem diabetes. Vale lembrar que estes valores variam ao longo dos anos, conforme a Ciência entende melhor as causas e efeitos do diabetes, e de acordo com a entidade médica consultada.

Acompanhe abaixo os valores utilizados como base para o diagnóstico de diabetes, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (2011):

 

Normal Pré-diabetes Diabetes
Glicemia em jejum <99 mg/dL 100-125 mg/dL >= 126mg/dL
Glicemia 2h após 75g de glicose <139 mg/dL 140-199 mg/dL >= 200 mg/dL
Hemoglobina glicada 5,7 – 6,4% > 6,5%
Glicemia casual >= 200 mg/dL*

*com sintomas de diabetes