Diabetes e o Cérebro: como mantê-lo vivo e ativo por mais tempo

0

Descoberta científica de que diabéticos na meia idade são mais susceptíveis a certos problemas mentais é sinal de alerta para cuidarmos melhor do nosso cérebro.

cerebro saudavel diabetes

Nunca é demais lembrar a importância de manter os níveis de açúcar no sangue equilibrados. Esta é uma orientação que todo diabético conhece. Porém, muitas vezes, pelos motivos mais diversos, deixamos de segui-la à risca. Um novo estudo científico reforça o alerta, apontando que pessoas que são diagnosticadas com o diabetes e pressão alta – uma das conseqüências mais comuns da doença – na meia idade têm chances maiores de desenvolver demência e outros distúrbios mentais no futuro.

O trabalho foi publicado na última edição da revista científica Neurology e estudou a capacidade cerebral de mais de 1.400 pessoas, com média de idade de 80 anos. Os cientistas analisaram o histórico de saúde de cada uma delas para poder correlacionar possíveis problemas atuais no cérebro com o diagnóstico de doenças crônicas (incuráveis), como o diabetes, feito no passado.

Os resultados do estudo mostram que quem foi diagnosticado com o diabetes durante a meia idade (40 a 64 anos) apresentou na velhice um volume do cérebro 3% menor, em média, além de ser duas vezes mais susceptível a problemas de raciocínio e memória. As pessoas que foram diagnosticadas com pressão alta na meia idade tinham duas vezes mais chances de apresentar lesões no cérebro quando comparados aos voluntários saudáveis.

 

CONCLUSÕES PREOCUPANTES, ALERTA IMPORTANTE

A partir destes dados, os autores concluem que o diabetes e a pressão alta são capazes de gerar danos no cérebro, danos estes que levam décadas para aparecer e que podem dificultar a memória, o raciocínio e o pensamento durante a terceira idade.

comer bem diabetes

Certos hábitos, como comer bem, sempre ajudam nosso corpo a se manter saudável por mais tempo.

Rosebud Roberts, médico da Mayo Clinic, nos EUA, e autor do estudo, comentou: “Potencialmente, se nós pudermos prevenir ou controlar o diabetes e a pressão alta na meia idade, poderemos prevenir ou postergar o aparecimento de lesões cerebrais que ocorrem décadas depois e que levam à perda de memória, problemas no raciocínio e demência”.

Ou seja, apesar do diabetes e da pressão alta serem perigosos para nossa cabeça, é fundamental ter em mente que o controle destas doenças é uma ajuda enorme para manter a boa saúde do cérebro no futuro. Não apenas isto: controlar as doenças pode ser o passaporte para um cérebro saudável.

 

DICAS ETERNAS

Algumas dicas para manter a saúde e o diabetes sob controle nunca falham: é muito importante alimentar-se bem, manter um peso adequado, não fumar, praticar atividades físicas regularmente, controlar sempre a pressão e, é claro, ficar de olho na glicemia. Seguindo estes conselhos, o nosso corpo como um todo – e o cérebro em especial – agradecerá bastante, mantendo-se ativo e funcional por um longo, longo tempo.

Compartilhe!