Whey protein pode combater a obesidade e diabetes tipo 2

0

Há um bom motivo pelo qual a whey protein ajuda a diminuir o peso – e também a melhorar a utilização da insulina pelo corpo. Aprenda aqui.

A obesidade está associada com diversas desordens metabólicas e alimentares, como “pular” o café da manhã e compensar comendo mais à noite, resultando em uma baixa aderência às dietas de perda de peso. A perda de peso torna-se mais eficaz com a ajuda de algumas estratégias que reduzam a fome e/ou aumentem a saciedade como por exemplo o whey protein.

A proteína dietética é considerada um excelente estimulante de gasto energético e tem um potencial termogênico no período pós brandial maior do que carboidratos e gorduras. O aumento na síntese protéica tem sido proposto como um dos possíveis mecanismos desse aumento na termogênese.

As proteínas variam na sua habilidade em diminuir a hiperglicemia pós brandial. As proteínas do leite tem demonstrado estimular a insulina, entretanto, o whey protein é mais insulinotrópico de modo dose-dependente.

O whey protein contém leucina e estudos mostram que uma elevação desse aminoácido no cérebro suprime a ingestão calórica via mecanismos envolvendo o mTOR, AMPK, e/ou o metabolismo de BCAA. Além disso aumenta os hormônios de saciedade como a colecistoquinina, PYY, GIP, GLP-1.

Esses mecanismos promovem uma maior saciedade e modulam a insulina atuando assim como preventivos da obesidade e da diabetes tipo 2. Referências:JAKUBOWICZ, D.; FROY, O. Biochemical and metabolic mechanisms by which dietary whey protein may combat obesity and Type 2 diabetes, Journal of Nutritional Biochemistry, V.24, p.1-5, 2013.Por Joyce Rouvier

Fonte: Info

 

Compartilhe!