Uma corrida maluca em prol do diabetes

1

Mais de 10 mil motociclistas se reúnem nos Estados Unidos em evento que parece saído de um filme de aventura!

Bert Budde/Florida Keys News Bureau/HO

A cidade costeira de Key West, na Flórida, sempre foi uma das queridinhas dos motociclistas norteamericanos, já que possui vários quilômetros de highways à beira mar e diversas pontes que garantem belíssimas paisagens. Foi neste cenário que aconteceu, mês passado, a quadragésima edição da corrida Key West Poker Run. Mais de 10 mil motoqueiros de todo o país se reuniram para o evento. E, o melhor de tudo, toda a renda arrecadada pela Poker Run é revertida ao Diabetes Research Institute, um dos centros de excelência em pesquisas sobre o diabetes no país, e demais entidades filantrópicas locais.

A Key West Poker Run é uma corrida que atravessa 180km de estradas beirando o oceano e 42 pontes. O local de chegada é a cidade mais ao sul dos Estados Unidos. Ao longo do trajeto, os motociclistas param em locais designados e, aleatoriamente, escolhem uma carta de baralho! No final da corrida, os dez participantes que tiverem conseguido as melhores “mãos” podem participar de um jogo de pôquer (por isso o nome “Poker Run”), ao estilo Texas Hold’Em, valendo seis mil dólares de prêmio ou uma Harley-Davidson novinha.

Eis mais uma maneira muito criativa de se arrecadar fundos para pesquisas sobre o diabetes e gerar interesse para a condição (e que bem poderia ser imitada aqui no Brasil!). No início de setembro, por exemplo, um grupo de pilotos de avião da Inglaterra sobrevoou, em formação de “D”, oito cidades inglesas, cujas iniciais formavam a palavra “diabetes” (relembre esta incrível história aqui).

Rob O’Neal/Florida Keys News Bureau/HO

Compartilhe!
  • matheuz

    po dever ser show de bola essa corrida