Um super-herói em prol do diabetes!

2

Ao descobrir que o filho estava com diabetes tipo 1, papai decide se vestir de azul em uma criativa campanha beneficente em prol dos diabéticos.

darren johson diabetes

Ouvir a notícia de que se está com diabetes pode ser bem difícil, todos nós sabemos. Se receber o próprio diagnóstico já é complicado, como será que se sente um pai quando descobre que seu filho também é diabético? Ainda mais se o pai lida com a condição diariamente há décadas e tem pleno conhecimento do grande esforço necessário a fim de tratá-la?

Era exatamente nesta situação que se encontrava, há cerca de dois anos, Darren Johson, pai de um jovem diabético tipo 1 e ele próprio diabético há 38 anos, residente da cidade inglesa de Langwith. Na época do diagnóstico, seu filho tinha apenas 7 anos.

Darren, o pai, foi diagnosticado com diabetes tipo 1 quando tinha 17 meses. Desde então, sua luta contra a doença tem sido marcada por grandes vitórias, mas também por muitos percalços doídos (ele quase perdeu a visão há alguns anos, porém felizmente se recuperou!).

Ao saber que o pequeno filho também estava com diabetes, Darren usou toda sua experiência de vida para ensinar ao garoto as melhores maneiras de ter uma ótima qualidade de vida. Mas o desafio de transmitir a noção de que uma criança pode viver bem com diabetes, desde que cuide da doença com atenção, foi grande. Especialmente porque, de acordo com Darren, vivemos em uma sociedade que ainda não se conscientizou do “problemão” que é o diabetes.

“Crianças têm falecido muito jovens em decorrência do diabetes. As pessoas não percebem que ele é como um câncer interno. Se não for mantido sob controle, ele vai correndo o corpo e pode decidir atacar qualquer coisa a qualquer hora”.

Os colegas de trabalho de Darren também entraram no espírito da campanha e se fantasiaram para ir ao trabalho!

Os colegas de trabalho de Darren também entraram no espírito da campanha e se fantasiaram para ir ao trabalho!

 

O SUPER-PAPAI AZUL

As dificuldades encontradas por Darren ao longo de toda a sua vida, somadas às novas relacionadas ao seu filho, deram forças ao inglês e estimularam sua criatividade. Darren Johson decidiu mudar esta situação de desconhecimento geral sobre a doença e alertar as pessoas acerca da importância de cuidar do diabetes com cuidado e atenção. De quebra, quis também ajudar uma instituição que estuda curas para a doença. Como fazer isto tudo? Ora, vestindo-se de super-herói!

Darren passou a semana passada inteirinha vestido com uma roupa azul – cor oficial do diabetes -, que cobria seu corpo todo. Ficou assim em casa, foi ao trabalho, fazer compras…

A idéia foi mesmo chamar a atenção: “Pesquisas custam cerca de R$175-R$200 por hora. Eu espero que, se as pessoas aprenderem um pouco mais sobre o diabetes e seus efeitos, elas possam querer fazer doações”.

Ao longo da semana, a “colorida” idéia do sr. Johson conquistou o apoio de jogadores célebres do grande time de futebol Manchester United e recebeu fundos de diversas instituições públicas e privadas. Sua esposa, Nicky, ajudou assando centenas de bolos e cookies em prol da causa.

Com pais assim, conscientes da importância de se cuidar sempre com carinho do diabetes e tão criativos na hora de resolver problemas, podemos ter certeza de que o garotinho diabético conseguirá manter uma relação muito saudável com sua nova condição de saúde ao longo da vida. Estamos torcendo para que mais crianças – incluindo as brasileiras – possam ter pais com esta mentalidade tão bonita e positiva!

darren johson no trabalho diabetes

Compartilhe!
  • Gonçalo Arquimedes Lages Carvalho

    Mandei medi o índice de glicemia de meu sangue deu 98, sou diabete
    ?

  • Maria José Fragoso de M.Freire

    ainda bem que Diabeticcol está aqui para nos ajudar minha glicêmia hoje em jejum foi de 229 está altá é dificil mas luto para isso baixar, conto com vocês,beijos