Um nutriente poderoso (e em falta!): a Vitamina E

1

Nova pesquisa revela os poderes extraordinários da vitamina E no corpo humano e alerta: a maioria das pessoas ingere menos desta vitamina do que o recomendado.

vitamina E diabetes

O óleo de girassol é um exemplo de alimento rico em vitamina E, mas que nem sempre é utilizado durante as refeições.

Nosso corpo precisa de nutrientes para crescer e se manter saudável. Dentre eles está a vitamina E. Apesar desta vitamina estar presente em alimentos bastante comuns, como leguminosas, carnes e sementes, no geral ingerimos menos vitamina E do que o nosso corpo necessita para funcionar bem. Estima-se que 90% dos norte-americanos, por exemplo, não ingerem as quantidades ideais do nutriente. E isto pode levar a sérios problemas de saúde, como mostra uma nova pesquisa.

Uma análise sistemática da literatura científica sobre o poder da vitamina E na saúde humana foi conduzida pela pesquisadora Maret Traber, do Instituto Linus Pauling, nos EUA, e publicada na última edição do periódico Advances in Nutrition.

O estudo mostra que a falta de vitamina E pode acarretar diversas doenças, especialmente na infância, gravidez e velhice. Além disso, boas quantidades dela no corpo podem significar uma melhora substancial na qualidade de vida.

 

OS PODEROSOS EFEITOS DA VITAMINA E NO CORPO

Segundo o artigo de Maret, pesquisas científicas já mostraram que a falta de vitamina E pode causar:

  • anemia
  • infecções mais freqüentes
  • problemas na gravidez, tanto para a mãe quanto para o bebê
  • crescimento menor

Em crianças, a falta de vitamina E já foi associada a riscos maiores de doenças neurológicas, deterioração dos músculos e até mesmo doenças cardíacas (que costumam aparecer só em idades mais avançadas).

Ao contrário, uma pesquisa mostrou que, se houver concentrações altas da vitamina na dieta de crianças de 2 anos, as habilidades mentais delas são maiores que a média.

Estes benefícios ao cérebro extendem-se também para os mais velhos. Idosos que seguiram uma dieta rica em vitamina E ao longo da vida mostraram, de acordo com outro trabalho científico, um tamanho cerebral maior e funções mentais mais bem conservadas durante a terceira idade.

“A vitamina E é importante ao longo de toda a vida, mas as maiores evidência que temos focam no período dos primeiros 1.000 dias de vida, a partir da fecundação”, disse a pesquisadora Maret Trauber. “A vitamina E é essencial para o desenvolvimento neurológico e cerebral que ocorre apenas durante este período. Não é uma coisa que possa ser suprida depois”, explicou.

coracao saudavel vitamina E diabetes
COMO INGERIR MAIS VITAMINA E NAS REFEIÇÕES?

A seguir, uma lista de alimentos ricos em vitamina E. Quanto mais frescos e naturais eles forem preparados, maiores as concentrações da vitamina ingeridas.

  • acelga
  • amêndoas
  • avelãs
  • espinafre
  • gérmen de trigo
  • nabo
  • óleos vegetais – especialmente óleo de girassol
  • sementes, no geral

QUER DICAS DE RECEITAS SAUDÁVEIS PARA DIABÉTICOS? CLIQUE AQUI!

 

QUAL A VANTAGEM PARA DIABÉTICOS?

A notícia de que estamos ingerindo menos vitamina E do que o recomendado é um alerta especialmente válido para quem está com diabetes. Uma porcentagem alta de quem está com a doença sofre de problemas cardiovasculares. Já há evidências de que suplementos alimentares contendo a vitamina E ajudam a proteger o coração e os vasos sangüíneos, diminuindo as incidências de derrames e ataques cardíacos.

Além disto, um estudo de 2011 mostrou que suplementos de vitamina E ajudaram a diminuir as taxas de hemoglobina glicada em diabéticos.

Assim, sendo diabético ou não, a dica é incluir alimentos ricos em vitamina E durante várias refeições ao longo da semana. As vantagens para nossa saúde são enormes e compensam esta variação no cardápio!

 

Compartilhe!
  • cassandra lucena ferreira

    muito boa essa materia, gostei demais