Telemedicina com tecnologia brasileira

0

Que tal ter a saúde monitorada profissionalmente 24 horas por dia? Empresa brasileira aposta alto em nova tecnologia médica, que apresenta grandes vantagens aos diabéticos.

medico tablet diabetes

Pessoas que sofrem de doenças crônicas têm de estar sempre atentas à saúde – ainda mais se a doença for “silenciosa” e seus efeitos surgirem repentinamente, como é o caso do diabetes. De olho nesta parcela da população, a empresa brasileira Unit Care Saúde prepara-se para expandir, neste ano de 2013, seu inovador modelo de negócio: o de monitoramento remoto e contínuo dos pacientes, ou telemedicina.

Através de um sistema de mensalidades que variam de R$300 a R$500, os clientes da Unit Care recebem aparelhos capazes de verificar informações de saúde como pressão sangüínea, temperatura, peso ou níveis de glicose e oxigênio no sangue. Estes dados são enviados a um tablet, que os repassa a uma central de monitoramento 24 horas. Os profissionais nesta central acompanham a saúde dos pacientes e podem, por exemplo, chamar uma ambulância caso notem algo de muito grave com a pessoa. Além disso, médicos autorizados pelos clientes também podem ter acesso aos dados, o que facilita o acompanhamento de tratamentos e terapias.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de São Paulo, “O objetivo não é substituir a consulta médica, mas sim complementar o atendimento, oferecendo uma orientação de qualidade à distância”, diz o presidente da Unit Care, Luiz Tizatto, de 30 anos.”

O dr. Luiz Tizatto, presidente da Unit Care - fonte: O Estado de São Paulo

O dr. Luiz Tizatto, presidente da Unit Care – fonte: O Estado de São Paulo

Ainda segundo a reportagem, “para Tizatto, o monitoramento à distância é uma tendência mundial no segmento de saúde porque melhora a qualidade de vida, reduz custos e previne de forma efetiva as doenças crônicas”. A fim de realizar estes amplos objetivos, os tablets da empresa vêm com vídeos educativos com dicas de saúde e permitem o acesso a uma rede social, na qual é possível trocar experiências e informações acerca de doenças. Além disso, a Unit Care fornece serviços de home care de alta complexidade, consultoria de gestão em saúde e telemedicina e possui um serviço de call center com enfermeiras para dar dicas de primeiros socorros.

A expectativa é faturar, apenas em 2013, sete milhões de reais. Até o início do ano, a empresa atendia a 115 pacientes em São Paulo, mas afirma que seus serviços possuem alcance continental.

Apesar do nome anglófono, a Unit Care Saúde é uma empresa brasileira – assim como a tecnologia por trás de seus aparelhos. Ela foi desenvolvida em parceria com a i9access Tecnologia, uma empresa gaúcha formada por mestres e doutores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

A empreitada tem tudo para dar certo. Pesquisa realizada no início do ano passado por um grupo de cientistas da Denver Health and Hospital Authority, da University of Colorado-Denver School of Medicine e da Colorado School of Public Health mostrou que a tecnologia pode ser um grande auxílio para os diabéticos no controle da glicemia, ainda mais quando associada a formas de interação social, como é o caso dos aparelhos oferecidos pela Unit Care (leia mais sobre o assunto na matéria “O celular a favor do tratamento“).

 

 

Compartilhe!