Sedentarismo DOBRA risco de enfarto em diabéticos

0

Deixar de praticar atividades físicas é pior para a saúde do coração de um diabético do que estar acima do peso, revela estudo.

coracao forte diabetes

Para ter um coração forte e saudável, tem que malhar!

Todos que estão com diabetes bem sabem: cada vez que lemos um texto sobre a doença ou conversamos com um profissional sobre nossa saúde, uma dica sempre está presente – praticar exercícios físicos. A dica é boa: um número enorme de artigos científicos mostra que as atividades físicas ajudam a controlar a glicemia e a evitar diversas complicações comuns do diabetes.

Um novo trabalho traz um peso extra à relevância de se manter sempre ativo. Realizado ao longo de 12 anos e contando com mais de 55 mil voluntários, estudo realizado por pesquisadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia mostrou que diabéticos que não praticam exercícios físicos têm o dobro de chances de sofrer enfartos.

 

UM ESTUDO DETALHADO

Para chegar a esta conclusão, o estudo coletou dados de saúde dos voluntários durante os anos de 1995 a 1997. Foram analisadas informações como Índice de Massa Corporal, histórico médico, quantidade semanal de atividades físicas e saber se fumavam ou não.

Os voluntários voltaram a ser estudados assim que alguns deles tiveram o primeiro enfarto. Até 2008, foram relatados 1.887 casos de enfarto (cerca de 3,5% dos participantes do trabalho). A partir destas informações, os cientistas puderam correlacionar a probabilidade do problema cardíaco ocorrer de acordo com as variáveis de saúde coletadas previamente.

atividades físicas cerebro diabetes

+ SAIBA MAIS: “Exercícios físicos fortalecem até o cérebro

 

COMO MANTER O CORAÇÃO FORTE E SAUDÁVEL

Os resultados são claros: praticar exercícios físicos é fundamental para manter uma boa saúde. Diabéticos sedentários apresentaram o dobro de risco de enfartos do que não-diabéticos sedentários.

Diabéticos que se exercitavam constantemente mostraram ter um coração de ferro: os riscos de enfarto foram praticamente iguais aos da população não-diabética.

A pesquisa apontou que diabéticos obesos também correm riscos maiores de sofrer enfarto – os riscos, porém, são menores do que em relação aos diabéticos sedentários.

“Os resultados do estudo sugerem que atividades físicas realizadas no tempo livre e a manutenção de um peso saudável são meios efetivos de se prevenir enfartos em pessoas com diabetes”, escreveram os autores do trabalho, publicado no periódico científico Diabetologia.

 

Compartilhe!