Quer ficar saudável, em forma e mais feliz? Jogue videogame!

0

Pesquisa comparou a saúde de diabéticos que se exercitaram através de um famoso videogame. Saiba o que mudou na vida deles após esta divertida experiência.

menino jogando wii fit plus diabetes

Batendo as asas para a saúde: o video game Wii Fit melhora a qualidade de vida de diabéticos.

POR RICARDO SCHINAIDER DE AGUIAR, ESPECIAL PARA O DIABETICOOL

Praticar atividades físicas regularmente não apenas reduz o risco de desenvolvimento do diabetes tipo 2 como também melhora o controle da glicemia daqueles que têm a doença. Mas será que um video game poderia ajudar diabéticos também? Pesquisadores alemães da Universidade de Düsseldorf testaram se o jogo Wii Fit Plus, que consiste em uma série de exercícios, poderia ajudar a saúde de pessoas com diabetes.

Para fazer esse experimento, os cientistas acompanharam 220 pacientes de diabetes voluntários, que tinham entre 50 e 75 anos de idade. Dentre eles, 120 participantes usaram os exercícios do Wii Fit Plus como fonte primária de atividade física, enquanto 100 continuaram com o seu tratamento convencional, com visitas ao médico e controle de pressão, peso e mudanças de medicação caso fossem necessárias. Após 12 semanas, os dois grupos foram examinados e comparados.

Os resultados obtidos pelos pesquisadores não foram muito diferentes dos esperados caso os exercícios fossem feitos sem o jogo. Quando comparados com o outro grupo, os pacientes de diabetes que brincaram com o Wii Fit Plus apresentaram várias melhorias na saúde. Entre elas, eles tiveram melhor controle da glicemia, perderam peso e o número de pacientes que sofria de depressão diminuiu.

jogando wii fit plus diabetes

O videogame vem com uma prancha que capta os movimentos dos jogadores, reproduzindo-os na tela da tv.

“Pelas atitudes positivas dos participantes desse estudo e pelas restrições limitadas de se brincar em casa, jogos de exercícios físicos podem ser usados em casa como uma ferramenta para reduzir o sedentarismo de pessoas com diabetes tipo 2”, diz Stephan Martin, um dos autores do estudo. “A combinação de atividade física com o sentimento de fazer algo positivo pela sua saúde, somado à diversão dos jogos com membros da família, pareceu aumentar a motivação dos pacientes, resultando não apenas na perda de peso e melhora no controle glicêmico como em uma atitude mais positiva em relação à vida”.

+ LEIA MAIS:InsuOnline – um game como você nunca viu! : O Diabeticool conversou com Leandro Diehl, médico brasileiro que ajudou a criar um game incrível e premiado pela Microsoft que ensina a utilizar a insulina de maneira correta!

Os pesquisadores ainda sugerem que, no futuro, video games como esses poderiam ser especialmente desenvolvidos para pacientes de diabetes tipo 2, visando melhorar o controle glicêmico dos jogadores.

 

Ricardo Aguiar é biólogo e especialista em divulgação científica (ambos pela UNICAMP) e colabora com o Diabeticool trazendo para a gente as últimas e mais empolgantes novidades da Ciência!

 

Compartilhe!