Proteja seu refrigerante como um tesouro!

0

Medidas absurdas nos EUA de proibição de bebidas doces, em especial os refrigerantes, assustam a população.

Se o sonho do prefeito de Nova Iorque, Michael Bloomberg, de limitar o tamanho dos refrigerantes vendidos na cidade deixou os nova-iorquinos pra lá de irritados, como reagirão os residentes de Cambridge, no estado de Massachusetts, se o prefeito de lá impedir a venda total de refrigerantes, independentemente do tamanho?

Continue lendo a matéria aqui!

 

E tudo começou com Mike Bloomberg, o prefeito de NY, dando uma de ditador e impedindo a venda de bebidas tamanho “gigante” na cidade. Lá nos EUA, esse tipo de atitude é altamente condenável e ganha apelidos como “Governo Babá”: onde já se viu políticos decidindo o que o povo pode ou não comer?! O pior é que a péssima moda parece que pegou: agora é Cambridge, cidade-lar de Harvard e do MIT, a ter um “prefeito-babá”. Como bem lembra o artigo linkado, “aparentemente o prefeito acredita que os moradores de Cambridge são incapazes de limitar sua ingestão de refrigerantes. Assim, a única maneira de parar o que ele vê como “riscos elevados de obesidade e diabetes” é banir (o que ele acredita serem) os culpados”. Medonho. Não é assim que se cuida do diabetes do povo.

Compartilhe!