Por que café é tão bom para prevenir o diabetes?

0

Diversos estudos científicos comprovam: o café é a bebida mais poderosa no combate ao diabetes tipo 2. Encontre aqui os 5 principais motivos.

beber cafe saude diabetes

Humm….um café bem feitinho vai bem em qualquer hora (e faz um bem tremendo à saúde!).

O Diabeticool já trouxe aos leitores várias notícias sobre estudos acadêmicos que ligaram o consumo de café a riscos menores de diabetes tipo 2. Na sexta-feira passada, Dia Mundial do Diabetes, mais um destes trabalhos foi publicado. Na matéria de hoje, preferimos dar menos atenção aos resultados da pesquisa – similares ao que já sabemos – e mais aos motivos pelos quais o café é um aliado tão poderoso no combate ao excesso de açúcar no sangue.

O trabalho em questão é um relatório do Instituto Suíço de Informação Científica sobre o Café. De acordo com o texto, quem toma 3 ou 4 xícaras de café por dia tem riscos 25% menores de desenvolver o diabetes tipo 2. Cada xícara diária adicional aumenta esta porcentagem em cerca de 7 pontos (isto é, se tomar 5 xícaras, os riscos caem 32%).

Os resultados conferem com diversas pesquisas anteriores, que encontraram números semelhantes.

A grande questão é: o que o café tem de tão especial que protege tão bem o nosso corpo contra o diabetes? A seguir, listamos as principais explicações dadas pela comunidade científica, baseadas em diversos trabalhos de Universidades ao redor de todo o mundo.

  • Cafeína: até pouco tempo atrás, muita gente acreditava que o segredo de saúde do café estava na cafeína, a molécula principal presente na bebida. Associava-se a ela uma melhora na habilidade do corpo em utilizar a insulina, o que ocorreria através da modulação de vias metabólicas relacionadas à inflamação, ao stress oxidativo das células e ao acúmulo de ferro. Porém, o estudo suíço recém publicado diz que os efeitos protetores do café no caso do diabetes aparecem mesmo quando as pessoas ingerem café descafeinado. Então, parece que a cafeína não está com esta bola toda…
  • Corpo a mil: outra hipótese, conhecida como “hipótese do gasto energético”, defende que a cafeína possui o efeito de acelerar o metabolismo do corpo – ou seja, as reações químicas ocorrem mais rápido e o organismo gasta mais energia durante um determinado período de tempo. Para funcionar neste ritmo acelerado, as células consomem mais glicose do sangue, o que, em tese, poderia ajudar a diminuir a glicemia.
  • Insulina bem utilizada: pesquisas sugerem que o café aumenta a sensibilidade do corpo à ação da insulina. Com isso, mais açúcar é retirado do sangue e entregue às células, resultando em um efeito benéfico na incidência de diabetes.
  • Troca de bebidas: outro ponto interessante levantado por pesquisadores é que, se você toma uma xícara ou duas de café, dificilmente tomará logo em seguida outra bebida doce, como sucos industrializados ou refrigerantes. Ou seja, beber café (mesmo adoçado com açúcar) é uma opção de bebida mais saudável do que as demais alternativas.
  • Ácido do bem: o café contém o ácido clorogênico, molécula que, em estudos com animais, mostrou-se super eficaz no controle da glicemia.

Ainda não se tem certeza dos motivos corretos que expliquem os segredos do café (talvez sejam uma soma de tudo o que estiver na lista acima!), mas é interessante perceber as várias propriedades boas à saúde que uma pequena xícara de café contém. E então, já está na hora de se deliciar com um cafezinho quentinho?

 

Compartilhe!