Pode o rotavírus causar diabetes tipo 1?

0

Estudo aponta o rotavírus – um dos principais causadores de diarreia em crianças – como possível responsável pelo surgimento do diabetes tipo 1.

vacina rotavirus diabetes

Estima-se que o rotavírus cause mais de meio milhão de mortes infantis todos os anos. Campanhas de vacinação mundiais (foto) estão em vigor há alguns anos.

Se você tem diabetes, principalmente se for do tipo 1, fique atento a infecções causadas pelo Rotavírus – elas podem acelerar o desenvolvimento da doença!

Uma pesquisa, realizada pela Universidade de Melbourne, na Austrália, infectou ratos diabéticos com o Rotavírus. Normalmente, os anticorpos seriam ativados e atacariam os invasores do organismo. Nesse caso, porém, a reação produzida pelo vírus foi tão forte que as células de defesa dos animais começaram a atacar não apenas os vírus, mas também células de seu próprio corpo. O grande problema para os diabéticos é que as células atacadas foram justamente as responsáveis por produzir insulina. Devido a esse resultado, os cientistas acreditam que esse fenômeno precisa ser estudado também em humanos.

“Entender como o vírus contribui para o desenvolvimento do diabetes tipo 1 é vital para a prevenção da doença”, escrevem os pesquisadores.

bill gates rotavirus diabetes

Bill Gates é um dos filantropistas bilionários a defender a vacinação de todas as crianças contra o rotavírus, o que poderia, em tese, ajudar a prevenir o diabetes tipo 1.

O Rotavírus pode infeccionar pessoas de qualquer idade, porém a maioria dos casos, e os mais graves, ocorrem até os 5 anos. Se a criança já tem uma pré-disposição para o diabetes tipo 1, a atenção precisa ser redobrada.

“Infecções causadas pelo Rotavírus em crianças no grupo de risco para o diabetes estão associadas com uma resposta maior do sistema imune nas células do pâncreas que produzem insulina. Isso nos leva a crer que o Rotavírus pode acelerar a progressão do diabetes”.

 

O QUE É O ROTAVÍRUS?
O Rotavírus é um vírus que causa gastroenterite, uma infecção do estômago e do intestino. Ele é transmitido pela via fecal-oral, por contato direto – seja por objetos contaminados levados à boca ou pela ingestão de água e alimentos que contém o vírus. Os sintomas são diarreia, vômitos, febre e mal-estar.Em casos leves, a infecção dura alguns dias e regride. Ela pode ser tratada até mesmo em casa, mantendo o paciente bem hidratado. Já nos casos mais graves, pode haver desidratação e ser necessária a internação em um hospital.

O QUE EU POSSO FAZER PARA ME PREVENIR?
Para se prevenir do Rotavírus, as principais recomendações são:

  • Lavar as mãos cuidadosamente e com frequência, especialmente depois de usar o banheiro, antes de refeições e ao preparar alimentos;
  • Lavar bem frutas e legumes que vão ser ingeridos crus;
  • Usar água tratada para beber e preparar alimentos;
  • Manter os talheres sempre limpos.

 

ricardo schinaider de aguiar perfil diabeticool

Ricardo Aguiar é biólogo (UNICAMP), especialista em divulgação científica (LABJOR/UNICAMP) e colabora com o Diabeticool trazendo para a gente as últimas e mais empolgantes novidades da Ciência relacionadas ao diabetes, à saúde e a um estilo de vida mais saudável.

 

Compartilhe!