Obesidade e Diabetes – uma Relação de Amor e Ódio!

0

Sabia que a obesidade pode ser tanto a causa do diabetes tipo 2 quanto surgir por causa do diabetes? Entenda a relação entre peso, a obesidade e diabetes.

obesidade e diabetes

Controle do peso: um desafio enfrentado por bilhões de pessoas em todo o mundo.

Por Ronaldo Wieselberg, Jovem Líder em Diabetes pela International Diabetes Federation

 

No dia 11 de outubro – ou seja, daqui dois dias! – é o Dia de Combate à Obesidade ao redor do mundo. Na América Latina, a data existe desde 1998, mas em 2015 será a primeira vez que ela se torna mundial. Você pode encontrar mais informações sobre isso em worldobesity.org (em inglês).

Mas o que obesidade tem a ver com diabetes?

Para início de conversa, vamos estabelecer o conceito de obesidade na nossa mente. De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), obesidade é o acúmulo de gordura corporal. Para determinar se a pessoa tem ou não obesidade, usamos o critério do Índice de Massa Corporal (IMC), encontrado ao dividir o peso – em quilogramas – pela altura multiplicada por ela mesma – em metros.

 

DESCOBRINDO SEU PESO IDEAL

Dando um exemplo prático, e calculando o meu IMC… Tenho 62kg e 1,69m. Então, o meu IMC é igual a 62 dividido por 1,69×1,69, portanto, meu IMC é de 21,7kg/m².

O IMC considerado normal é aquele que varia entre 18,5 e 24,9. Entre 25 e 29,9, consideramos que a pessoa tem sobrepeso. E, a partir de 30, consideramos que a pessoa tem obesidade.

+ Saiba mais sobre o IMC, como calcular e quais são as faixas saudáveis aqui!

 

querendo comer doceImportante dizer que obesidade não é “falta de vergonha na cara”. Existe um componente genético bastante grande, associado aos hábitos cotidianos – de alimentação pouco saudável e sedentarismo. Obesidade é uma doença que, somada ao sobrepeso, afeta mais de setenta milhões de pessoas no Brasil – ou seja, uma em cada três!

Como se não bastasse, a obesidade em geral vem acompanhada de outros problemas, como a hipertensão e problemas de colesterol e triglicérides – que somados à glicemia alterada (seja diabetes ou pré-diabetes) e ao tamanho aumentado da circunferência abdominal (medida na altura do umbigo; aproximadamente 80cm para mulheres e 94cm para homens) causam a chamada “síndrome metabólica“.

 

OBESIDADE COMO CAUSA E CONSEQUÊNCIA DO DIABETES TIPO 2

Voltando à relação entre obesidade e diabetes, vamos observar que ela pode tanto ser uma causa do diabetes – no caso do tipo 2 – ou até mesmo uma consequência – nos casos de diabetes em que a pessoa usa insulina, veremos isso em detalhes.

Vamos começar olhando a obesidade como causa. Normalmente, a gordura se acumula em dois lugares do nosso corpo: no tecido subcutâneo, abaixo da pele, e ao redor das vísceras abdominais (fígado e intestinos). Essa gordura produz substâncias que aumentam a resistência das células à ação da insulina, e com o passar do tempo, o pâncreas acaba diminuindo a quantidade de insulina que produz, levando ao diabetes tipo 2.

Como consequência, precisamos lembrar que a insulina é um hormônio que favorece o ganho de peso. Portanto, o excesso de insulina pode levar à obesidade – especialmente em indivíduos que fazem contagem de carboidratos e que, ao considerarem que têm uma dieta “liberada”, comem muito – e de maneira pouco saudável – e não gastam essas calorias “extras” com atividade física. Isso pode acontecer com pessoas que têm diabetes tipo 1, diabetes tipo 2, diabetes MODY… independe do tipo de diabetes: depende do uso da insulina, da alimentação e da prática de atividade física.

alimentacao saudavel e exercicio fisicos

Pode parecer clichê, mas é verdade: alimentação saudável e exercício são a melhor maneira de evitar a obesidade.

 

COMO EVITAR A OBESIDADE?

Simples: alimentação saudável e prática de atividade física.

Uma dieta com cerca de 2.000kcal e 150 minutos de atividade física semanal – 20 minutos diários, em média – é o suficiente para evitar a obesidade.

Acompanhamento de uma nutricionista e de um educador físico é indispensável para adequar estes bons hábitos à sua rotina de maneira saudável.

Evitar a obesidade melhora o controle do diabetes, diminui as necessidades de insulina – em pessoas que já têm diabetes – e diminui o risco de problemas cardiovasculares – ainda hoje a principal causa de mortalidade no mundo.

 

Vamos nos exercitar, então?

Forte abraço e até a próxima!

ronaldo wieselberg perfil diabeticoolRonaldo José Pineda Wieselberg tem diabetes há mais de 20 anos. É estudante de Medicina na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa (FCMSCSP), auxiliar de coordenação do Treinamento de Jovens Líderes em Diabetes da ADJ Diabetes Brasil e Jovem Líder em Diabetes pela Federação Internacional de Diabetes (IDF), com trabalhos sobre diabetes premiados e apresentados no Brasil e no exterior. Apesar de ter o mesmo nome de vários grandes jogadores de futebol, prefere o xadrez.
Quer ler todos os textos do Ronaldo Wieselberg? Clique aqui!

 

Compartilhe!