Viagem Orlando
CIÊNCIA COMO TRATAR DIETAS ESPECIAIS FAMOSOS MÃES & FILHOS POLÍTICA & DINHEIRO RECEITAS
CIÊNCIA COMO TRATAR DIETAS ESPECIAIS FAMOSOS MÃES & FILHOS POLÍTICA & DINHEIRO RECEITAS

O que você pensa sobre a água de quiabo?

10/12/2013 - 14:55 da Redação Diabeticool

Dona Amélia, nossa colunista estreante, coletou as mais diversas opiniões sobre a polêmica água de quiabo! Descubra aqui o que os leitores pensam do assunto.

Um texto especial escrito por Dona Amélia Barbosa, nova colunista do Diabeticool.

Um grande “olá” para todo mundo! Estou muito feliz em poder escrever também aqui no Diabeticool. Eu sempre trabalhei nos “bastidores” do site, ajudando a escolher umas receitas bem gostosas e nutritivas (e com pouco açúcar e gorduras!) para vocês, e também fazendo moderação dos comentários. Minha gente, o povo gosta de falar, viu? É muita opinião que recebemos todos os dias, com muita alegria! Tive bastante trabalho desde que o Carlão Monteiro publicou a crônica sobre a água de quiabo baixar a glicemia, depois que a notícia saiu no programa do Luciano Huck. O texto passou, como um foguete, a ser um dos mais acessados do site. E um dos mais comentados também!

São tantas opiniões diferentes e pontos de vista interessantes que o pessoal do site me pediu para fazer uma coleção do que vocês, nossos queridos amigos e leitores, andaram dizendo sobre a tal “água de quiabo”! Adorei a sugestão, pessoal!

Então aqui estou eu, na minha humilde estréia como “colunista” do Diabeticool, saindo dos bastidores para a página principal do site. Estudei a opinião de cada um que comentou nas nossas matérias sobre o quiabo. Separei alguns comentários que representam bem (espero!) o espírito de vocês quanto ao assunto. Vamos ver o que os leitores do Diabeticool pensam sobre a polêmica da água de quiabo?

Você já tomou a água de quiabo?

Loading ... Loading ...

 

O QUIABO VERSUS A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

quiabo contra a indústria farmacêutica diabetes

Uma coisa que me chamou a atenção de cara foi a grande quantidade de gente que aproveitou a novidade quente da água de quiabo para espinafrar a indústria farmacêutica. Boa parte dos comentários deixou claro que a descoberta dos garotos mineiros era um grande golpe sobre a indústria de medicamentos. E que, por isso, eles deveriam tomar cuidado e evitar a todo custo serem “comprados”! Separei o comentário a seguir como bem característico desta linha de pensamento.

Júlio César Martins de Resende disse:

“Gostei muito da reportagem, se a esperança e vontade de pesquisar, porque não darmos um voto de confiança a estes jovem. Tenho a impressão que remédios para cura do diabetes já foram descobertos, mas as grandes multinacionais farmacêutica não deixam os resultados positivos aparecerem. (…) Porém os grandes laboratórios não permitem a publicação destes medicamentos, pois perderiam muito dinheiro. E agora já estão colocando um porém na experiências que estes estudantes de PATOS DE MINAS, apresentaram na televisão brasileira. Parabéns aos jovens pesquisadores continuem firme em suas propostas.”

 

Gostaria de saber o que vocês acham disso. MUITA gente, mas MUITA gente MESMO, tem a total convicção de que já existe uma cura pro diabetes, mas que a indústria “segura” a cura, evitando assim perder dinheiro com a venda de medicamentos. Já presenciei diversas discussões sobre o assunto. Meus amigos que não concordam com essa opinião costumam dizer o seguinte: a primeira farmacêutica que vender a cura pro diabetes vai ficar TRILIONÁRIA, vai ganhar muito mais dinheiro que todas as outras somadas! Porque o diabetes sempre vai existir, é uma doença que possui componentes genéticos e comportamentais, sempre vai ter gente precisando da tal cura. Por que então alguém “seguraria” a venda da cura?

O que vocês acham?

 

O Miguel Ortega deixou um comentário muito interessante, parecido com o anterior.

Miguel Ortega disse:
“Sou diabético há 29 anos. Já ouvi de tudo sobre tratamento. Não deixo de tomar os meus medicamentos por nada. Tive um sobrinho a quem venderam uma tal garrafada e ele deixou de tomar a insulina. A coisa agravou de tal modo que teve que amputar a perna e menos de dois meses depois veio a falecer. Tem muitas coisas que auxiliam no tratamento da diabéte, mas os medicamentos ainda são os mais confiáveis. Suspeito que grandes laboratórios estão por trás dos ” não avanços” para a cura total dessa doença. Uma boa alimentação e exercícios físicos ainda são uma boa recomendação para o controle. Torço como todos para a descoberta da cura real, mas confesso que tenho receio de deixar o tratamento há que me submeto. Levem a sério essa doença e com certeza morrerão de velho! Paz a todos…”

 

Sempre bom lembrar que o diabetes é sério e que ninguém tem que parar de tomar os medicamentos! Essa dica cairia bem pra história do próximo comentário…

 

ALERTA VERMELHO!!

alerta vermelho diabetes

Elenice da Luz Rodrigues disse:
“Alguem falou sobre o quiabo com meu esposo que passou a tomar o tal preparado. Porém hoje dia 04/12/13 ao chegar no plantão uma amiga diabética insulina dependente disse que se a glicose abaixache não era para tomar a insulina diária. Tomar o que se falou tudo bem mas não tomar os remédios jamais. Meu esposo graças a Deus tem consciência de que precisa dos medicamentos para viver e tem uma vida normal-curte a vida da melhor forma póssível-viajamos muuuiiito!”

 

Meu Deus, que absurdo!! É inacreditável que exista uma pessoa tão irresponsável, ainda mais sendo insulinodependente, que dê um “conselho” desses! Que bom que o esposo da Elenice tem bom senso! Fiquei alarmada com esta história…

 

FUNCIONOU!

O que não faltou também foram comentários do pessoal que testou a água de quiabo e ela funcionou que foi uma beleza! A glicemia do pessoal tem baixado bastante depois do uso da água. Vejam só:

Edney Karvalho disse:
“No meu caso, funcionou!! Eu faço uso duas vezes por dia, nas sextas e segundas-feiras, logo na primeira vez baixou de 329 para 189. Isso numa segunda-feira, apos de ter metido o pe na jaca no domingo(churrasco), faço dieta e atividades fisicas duas horas por dia, de segunda a sabado, tirou um dia para o dia do lixo(aos domingos, onde como mais fora da dieta).”

 

Edivaldo disse:
“Realmente água de quiabo é um SANTO remédio, estava com glicemia em 190 mg/dl, após ingerir água de quiabo 1 copo pela manhã e 1 a cada refeição, a glicemia diminui para 128mg/dl em uma semana apenas, irei continuar com os testes, juntamente com 1 comprimido de diamocron 60mg pela manhã e cloridrato de metformina 850mg antes das refeições (2 por dia).”

 

Rita Martins disse:
“Minha mãe assistiu o programa sábado e quando cheguei em casa ela me falou : “AMANHÃ VC COMPRA QUIABO PRA MIM?” e comecei a rir e falei assim: Pra que a senhora quer quiabo amanhã? Minha mãe sorriu e disse:” Vi o programa do Huck e ensinaram uma coisa para diabéticos vou fazer ” e ela fez mesmo começou a tomar hoje pela manhã e agora quando eu fui medir a glicose dela , levei um susto de 240 +/- estava 165.”

 

Que melhora boa, né? Quem já está tomando a água de quiabo há mais tempo (por exemplo, mais de uma semana) poderia deixar um comentário dizendo como está o tratamento, por favor! Seria legal para todo mundo saber o que está acontecendo, concordam?

 

BATE-REBATE

ping pong diabetes

Eu achei super interessante o “ping-pong” que vem a seguir! A Márcia e a Daniele comentaram a notícia do quiabo e deixaram suas excelentes observações. Em comum, as duas entraram no assunto do quiabo ser um tratamento “natural” para o diabetes. Será que “natural” é sempre uma coisa boa? As opiniões são bem diferentes quanto a isso! Vejam só:

Márcia Sanches disse:
“Deixando de lado todo o comércio que existe em nosso meio, inclusive o televisivo, fica aqui uma mensagem de otimismo àqueles que acreditam no poder de cura de certos alimentos. Uma perguntinha: “De onde vêm ou de que são fabricados/produzidos os medicamentos?”. Não seriam de plantas, frutos e ervas medicinais? Comprovados cientificamente? E como sobreviveriam os médicos e os laboratórios se, cada qual, em sua área, não vendesse o seu peixe? Se o fruto ou o legume é natural, não causa danos à saúde, por que não tentar? E não são só os frutos anunciados no programa do Huck ou no Google. Há frutos realmente hiperpotentes no combate ou na diminuição de sintomas de diversas doenças. Vale a pena tentar. Um deles, por experiência própria, é o chá das folhas ou o suco do fruto da graviola. Estive prestes a sofrer uma intervenção cirúrgica da próstata. Consumi o suco da fruta e… para surpresa do cirurgião, os exames indicaram que meu problema havia desaparecido!! Continuo consumindo o suco… e repetidamente os exames clínicos comprovam minha verdadeira cura! E então… convém tentar?”

 

Daniele disse:
“Um insulto a quem faz pesquisa clínica. Um incentivo à jovens cientistas. Pesquisa experimental em seres humanos tem ética segurança e controle, ou deveria. “Natural” também pode oferecer riscos ainda mais se associados (interações) à diferentes condições ou medicamentos. Por favor, sejam mais críticos. Fiquei preocupada com a abordagem em um programa, que infelizmente, é formador de muitas opiniões à sociedade.”

 

E aí, com qual das duas você mais concorda?

O mais legal de participar de um site colaborativo e focado na comunidade diabética nacional como é o caso do Diabeticool é poder fazer novos amigos, ouvir opiniões novas e diferentes das nossas e aprender um montão sobre o diabetes! Continuem deixando seus recadinhos aqui com a gente! Cada comentário ajuda milhares de diabéticos que os lêem todos os dias!! Um beijão e até a próxima!

PS: o pessoal da equipe Diabeticool sempre responde aos comentários na página que eles foram feitos, tá bom? Como é muito comentário todo dia, às vezes eles podem demorar um pouquinho, mas saibam que todas as dúvidas são tratadas com o maior carinho por aqui! :)

 

Dona Amélia é uma das “madrinhas” do Diabeticool e ajuda a cuidar da nossa seção de comentários. Foi diagnosticada com diabetes tipo 2 há 8 anos, aos 42, e desde então tem se dedicado a programas educacionais, projetos assistenciais e de prevenção ao diabetes.

 

  • Jéssica Ferreira

    Oi Amélinha, fiquei feliz com a sua estreia aqui nos textos, apesar de nao conhece-la já me sinto sua amiga!! hahahahaha! gostei dos comentarios

  • sergio

    Estou tomando 01 copo da agua ha uma semana e realmente tem surtido efeito, continuo tomando os remedios, apenas deixei de tomar o GALVUS , a taxa caiu de 220 para 150 em jejum e durante o dia tem ficado abaixo disso, vou fazer uso direto e continuar é claro com o medicamento, daqui uns tres meses farei uma bateria completa de exames e informarei a voces.

  • Ronaldo J. P. Wieselberg

    Oi Dona Amélia :)

    Como estudante de Medicina, Young Leader in Diabetes pela IDF e portador de diabetes tipo 1 há 20 anos, posso dizer que tem muita gente acreditando em milagres e muita gente espinafrando sem botar a mão na consciência.

    Antes de qualquer coisa, devo dizer que este comentário não tem, em hipótese alguma, a ideia de ser a verdade absoluta. Principalmente porque, em Medicina, a “verdade” sempre acaba mudando – vocês se lembram de quando o limite da glicemia era 140mg/dl?

    A coisa é que o programa da Rede Globo acabou, sem querer, fazendo um “desserviço” à população, uma vez que pintou a água de quiabo como um tratamento milagroso e que substituía os remédios.

    Pois bem, não é NADA disso. A água de quiabo gera resultados em algumas pessoas, sim, uma vez que tem efeito diurético e assim, aumenta a eliminação de glicose pelos rins. O problema é que, por ser um produto feito “artesanalmente” – assim como o chá de pata de vaca, chá de jambolão, batata yucón/yacon… – não temos a certeza de QUANTO do princípio ativo – que diminui a glicose – estamos ingerindo e QUANTO isso vai afetar a nossa glicemia.

    Outra coisa, em pessoas que precisam de insulina – independente do tipo de diabetes – não adianta “só” eliminar a glicose pela urina: a glicose é necessária DENTRO das células, para que possa ser convertida em energia, e isso só conseguimos com o uso da insulina.

    Pensemos no corpo como sendo um carro. A glicose seria a gasolina, o nosso combustível. O diabetes é quando temos MUITA gasolina no posto de combustível, e não temos uma bomba de gasolina (a insulina!) para colocar todo esse combustível para dentro. No caso, o uso da água de quiabo atua como se pegássemos esse excesso de combustível e jogássemos pelo ralo, uma vez que ele está sobrando.

    Porém, neste caso, o carro continua sem combustível, e vai continuar tendo problemas para andar.

    A água de quiabo deve SIM ser estudada para que possamos entender o motivo de baixar a glicemia, exatamente, possamos isolar o princípio ativo e utilizar com eficácia um novo tratamento para quem tem diabetes. Agora, como foi pontuado, a maneira que foi tratado – experimentalmente, do nada, em seres humanos! – é passível de MUITAS críticas.

    Quanto à cura… Bem, temos chegado bem perto. Cientistas da USP-Ribeirão Preto estão desenvolvendo uma técnica de encapsulamento de ilhotas pancreáticas que poderiam servir como “cura”. Porém, antes de pensarmos em cura, precisamos estar inteiros para aproveitá-la quando chegar.

    E a mensagem que fica é… NÃO DEIXEM A MEDICAÇÃO DE LADO!

    Abraços!

  • Ronaldo J. P. Wieselberg

    Comentário assustador:

    A Márcia Sanches disse que ia sofrer uma intervenção cirúrgica na próstata e que depois do suco da folha da graviola, o problema sumiu… CLARO, POR QUE MULHERES NÃO TÊM PRÓSTATA!!! Esse é um órgão EXCLUSIVAMENTE MASCULINO!

    Outra coisa: nem tudo o que é “natural” é bom. Posso citar a própria mandioca, cuja folha, se não for seca ao sol, tem um veneno poderosíssimo chamado cianureto; erva de São João e o suco de pomelo, que podem alterar o metabolismo do fígado, levando a casos de toxicidade… Fiquem de olho.

  • JOSÉ FRANCISCO CARDOSO

    Magica:
    O problema prostático da Marcia Sanches foi solucionado.
    Será Marcia ou Márcio?

  • JOSINETE COSTA

    DESCOBRI GORA QUE ESTOU PRE-DIABETICA 104. VOU TENTAR A AGUA DO QUIABO. SÓ UM COMENTARIO A MAIS… SE A AGUA FUNCIONA SERA QUE COMENDO O QUIABO, TAMBEM MELHORA?

  • maria josé fragoso de melo freire

    Desde que assisti na TV começei a usar a agua do quiabo,a glicemia começou a reduzir mais muito vagarozamente,muito devagar,mais continuo tentando,afinal eu tenho a doença já à muitos anos acho que precisa paciência.

  • LICIO SOARES

    DIABETES NÃO TEM CURA.
    VOCE CONTROLA O SEU DIABETES, INDO AO MEDICO, TOMANDO CORRETAMENTE OS REMEDIOS, FAZENDO EXERCICIOS TODOS OS DIAS E O PRINCIPAL CONTROLE ALIMENTAR, REPITO: CONTROLE ALIMENTAR.
    VOCE IRÁ PROLONGAR A SUA VIDA E VIVER SOBRE CONTROLE.
    O RESTO É RESTO.
    TENHO DIABETES, FAMILIA TODA TEM E TODOS MORRERAM COM DIABETES, UNS MAIS CEDO E OS MAIS CUIDADOSOS POUCO MAIS TARDE.
    ABRAÇO
    LÍCIO

  • MARIA ELIZA GADELHA

    O certo é acreditar em Deus confiar no Senhor Todo Poderoso, se amar, não se esqueça: se ame, se cuide, tome agua de quiabo, coma maça, canela com mel. Metformina, caminhe e Se cuide, se ame.

Compartilhe
Traduzir o Texto EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Veja Também
curtiu?