Mulher é presa por levar, de carro, pai diabético ao médico

0

Parece brincadeira, mas em alguns lugares no mundo a opressão contra as mulheres é tão forte que coloca a vida de diabéticos em risco.

mulher dirigindo kuwait diabetes

Mulher atrás do volante: cena rara no Oriente Médio.

Imagine a cena: seu pai, diabético, precisa ir ao hospital para receber tratamentos, porém ele não pode dirigir temendo crises de hipoglicemia. Você, então, corre para o carro e acelera para levá-lo ao médico mais próximo. Ainda na estrada, porém, a polícia te para. E você vai presa. Pelo simples fato de ser mulher e estar dirigindo.

Esta história, infelizmente, é verídica e aconteceu no começo do mês na fronteira entre dois países árabes, a Arábia Saudita e o Kuwait.

A mulher que foi presa vive com o pai no Kuwait, um dos poucos países muçulmanos que garantem direitos às mulheres. Para ela é normal pegar o carro e dirigir por onde quiser.

A história é bem diferente na Arábia Saudita, país vizinho ao Kuwait. Lá, mulheres não podem viajar para fora do país, dirigir, abrir contas bancárias ou trabalhar sem a permissão de um parente homem.

mapa oriente medio diabetes

O Kuwait é o pequeno país marcado dentro do retângulo vermelho.

Segundo o jornal Kuwait Times, a mulher dirigia um Chevrolet Epica com o pai no assento do carona quando foi parada pela polícia da Arábia Saudita bem próximo à fronteira entre os dois países. Como são grudados um no outro, é muito comum que quem mora no Kuwait atravesse a fronteira para a Arábia Saudita, e vice-versa.

Mesmo explicando aos oficiais que estava levando o pai doente ao hospital e deixando bem claro o quanto ele precisava de tratamentos para o seu diabetes, ela foi levada à cadeia. Ela ficará em detenção até que uma investigação sobre o caso seja concluída.

 

Não há notícias do estado de saúde do pai, nem mesmo se ele conseguiu chegar ao hospital.

Compartilhe!