Mensagens de texto pelo telefone dão uma ajudinha para uma vida mais saudável

0

Estudo científico com mais de 1 milhão de pessoas revela que receber mensagens de texto informativas e motivacionais pode ajudar a prevenir o diabetes tipo 2.

mensagens de celular para combater o diabetes tipo 2

Hoje em dia, todo mundo sabe que precisa se alimentar melhor, comer menos e praticar mais atividades físicas. Afinal, basta ligar a TV ou acessar a internet para encontrar dezenas de notícias, anúncios e propagandas sobre os benefícios de uma vida mais saudável. Por que será, então, que ainda tão pouca gente segue esses conselhos? Será que está faltando um pouquinho de estímulo para deixarmos a comilança de lado e começarmos a cuidar melhor do nosso corpo e da saúde?

Parece que sim. Um enorme estudo científico realizado com mais de 1 milhão de pessoas mostrou que simples mensagem de texto – os populares ‘torpedos’ enviados pelo telefone – podem estimular as pessoas a adotar hábitos mais saudáveis de vida. Com isso, não apenas a saúde dessas pessoas melhorará, como também elas estarão menos propensas a desenvolver o diabetes tipo 2.

O trabalho foi publicado na última edição do periódico científico Journal of Medical and Internet Research e liderado por pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade Northwestern, em Chicago, nos Estados Unidos, e da ONG Arogya World.

 

USANDO O TELEFONE PARA CUIDAR DA SAÚDE

O estudo foi conduzido na Índia, um dos países mais populosos do mundo e que possui uma das maiores taxas de prevalência de diabetes tipo 2 na população adulta (veja a caixa comparativa com o Brasil logo abaixo).

Saiba mais sobre a Índia e suas curiosidades em “Diabetes pelo Mundo: Índia

Lá – assim como no Brasil -, a pobreza de boa parte da população torna o tratamento do diabetes complicado. O acesso a serviço de saúde de qualidade é raro, e muitos não têm condições de adquirir, do próprio bolso, os medicamentos e insumos necessários ao bom controle da glicemia. Por isso, prevenir ao máximo o desenvolvimento do diabetes é missão número um das equipes de saúde.

 

QUADRO COMPARATIVO ÍNDIA – BRASIL

POPULAÇÃO TOTAL: Índia: 1,29 BILHÃO DE PESSOAS /  Brasil: 205 MILHÕES DE PESSOAS

ADULTOS (20-79 ANOS) QUE ESTÃO COM DIABETES: Índia69 MILHÕES  / Brasil:14.25 MILHÕES

ADULTOS COM DIABETES AINDA NÃO DIAGNOSTICADO: Índia: 36 MILHÕES  / Brasil: 5.7 MILHÕES

PREVALÊNCIA DO DIABETES: Índia8.7% DA POPULAÇÃO / Brasil:10.2% DA POPULAÇÃO

Dados da Federação Internacional de Diabetes para 2015.

 

frituras - aparelho celular

Já que vivemos com os celulares nas mãos, que tal utilizá-los para aprender sobre a saúde e o diabetes?

Outra característica que torna a Índia parecida com o Brasil é a paixão do povo pelos telefones celulares. Mesmo os mais pobres possuem um aparelhinho – e os cientistas resolveram usar essa característica em prol de seus estudos.

Mais de 1 milhão de indianos receberam, duas vezes por semana e durante seis meses, mensagens de texto em seus telefones com dicas sobre hábitos saudáveis de vida e com informações sobre o que é o diabetes e como ele pode ser prevenido. As mensagens, sempre de caráter motivacional, incluíam frases sobre o que faz bem (e o que não faz bem) comer, por que é importante evitar alimentos muito gordurosos e a importância enorme do exercícios físicos para o bem estar e para uma vida mais completa e feliz.

 

OS RESULTADOS DO ESTUDO: TORPEDOS CRIARAM NOVOS HÁBITOS!

Após os seis meses, grupos de pessoas que receberam as mensagens informativas e motivacionais foram comparados com indianos que não haviam recebido tais mensagens. Os cientistas estudaram parâmetros como o consumo semanal de frutas, verduras e gorduras, assim como o nível de atividades físicas.

Os resultados mostraram que 40% mais pessoas adotaram hábitos saudáveis de vida após lerem as simples mensagens de texto. Talvez 40% possa não parecer muito, porém são milhares de vidas que ficaram mais saudáveis por meio de um método simples e extremamente barato para grandes empresas: enviar dois torpedos por semana!

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, três simples atitudes do dia a dia podem prevenir 80% dos casos de diabetes tipo 2, 80% dos casos de doenças do coração e 40% dos casos de câncer. São elas: evitar o tabaco (ou seja, deixar de fumar), comer alimentos saudáveis e aumentar a quantidade de exercícios físicos.

“Nosso trabalho mostra o potencial do mais simples aparelho celular em ser utilizado como ferramenta valiosa na hora de entregar mensagens de saúde pública em larga escala, para uma população tão diversa”, afirmou a cientista Angela Pfammatter, da Universidade Northwestern e principal autora do estudo.

“Você só precisa de um celular básico. [Simplesmente isso] já pode gerar um impacto [positivo]”, disse a pesquisadora em comunicado à imprensa.

casal ao celular e na bicicleta - hábitos saudáveis

Já pensou se uma simples mensagem no telefone fosse o suficiente para nos estimular a levar uma vida mais ativa?

De fato, adotar hábitos saudáveis nem sempre é a opção de vida mais atrativa. Em um primeiro momento, aquele suculento fast food, pingando óleo, pode falar mais alto com o nosso estômago do que um prato de vegetais e frutas. Porém, se soubermos os efeitos que estes alimentos terão no corpo – tanto imediatos quanto de longa data –, fica mais fácil fazer a escolha certa. E se, ainda por cima, tivermos uma ajudinha virtual na hora de aprender sobre esses bons hábitos, a força de vontade ganha um estímulo extra para triunfar.

Pfammatter A, Spring B, Saligram N, Davé R, Gowda A, Blais L, Arora M, Ranjani H, Ganda O, Hedeker D, Reddy S, Ramalingam S. mHealth Intervention to Improve Diabetes Risk Behaviors in India: A Prospective, Parallel Group Cohort Study. J Med Internet Res 2016;18(8):e207

 

Compartilhe!