Estamos controlando a glicemia da maneira errada?

2

Você calcula o uso de insulina de acordo com a quantidade de carboidratos dos alimentos, certo? Há pesquisadores dizendo que esta não é a melhor maneira de manter a glicemia sob controle…

Pesquisadores do Joslin Diabetes Center, em Boston, nos EUA, fizeram uma descoberta que pode mudar a maneira como diabéticos controlam a glicemia. De acordo com os cientistas, saber apenas a quantidade de carboidratos ingeridos em cada refeição não é mais o suficiente. Tão importante quanto os açúcares é prestar atenção no quanto de gordura estava presente na refeição. Isto porque, de acordo com suas pesquisas, alimentos muito gordurosos podem provocar picos na glicemia da mesma maneira que ocorre com os açúcares.

A pesquisa foi conduzida pelo médico Howard A. Wolpert e colegas. Eles analisaram as taxas de açúcar no sangue de dois grupos de diabéticos tipo 1, após ambos terem se alimentado com duas refeições diferentes, especialmente preparadas. Em uma delas, havia 60g de gordura, uma quantidade alta; na outra, apenas 10g. O interessante é que a quantidade dos demais nutrientes, como carboidratos e proteínas, era absolutamente idêntica nas duas refeições. Ou seja, possíveis mudanças na glicemia pós-refeição dos dois grupos seriam devidas somente à gordura ingerida.

Alimentos ricos em gorduras: perigo extra para diabéticos.

Alimentos ricos em gorduras: perigo extra para diabéticos.

Os resultados do teste, publicados no periódico Diabetes Care, mostraram que a refeição com altos teores de gordura gerou níveis muito elevados de glicemia, e para controlá-la foram necessárias mais unidades de insulina do que o utilizado pelo grupo que comeu a refeição com pouca gordura. Além disso, foi possível notar que, mesmo com esta dose extra de insulina, a glicemia atingiu níveis maiores dentre os diabéticos do grupo da comida gordurosa.

A conclusão é que comidas com altos teores de gordura podem aumentar significativamente a glicemia e o uso de insulina em diabéticos tipo 1.

“As evidências deste estudo de que a gordura nos alimentos pode causar hiperglicemia pós-prandial [depois das refeições]em alguns indivíduos com diabetes tipo 1 destaca as limitações da abordagem atual de dosagem de insulina baseada em carboidratos, utilizada amplamente no tratamento intensivo do diabetes”, afirmaram os cientistas no trabalho. “Estes achados indicam que há a necessidade de algoritmos de dosagem [de insulina]alternativos para refeições contendo muita gordura, além de sugerir que gorduras são uma consideração nutricional importante para o controle glicêmico em indivíduos com diabetes tipo 1”, concluíram.

 

Compartilhe!
  • Maria José Fragoso de M.Freire

    gostei muito das informaçõs,gostaria de saber sobre DIÉTAS,RECEITAS e informações em geral,obridago

  • DiabetiCool

    Tudo bem, Maria José?

    Se você está interessada em receitas, dietas e informações em geral, certifique-se de acessar diariamente o Diabeticool para checar as novidades!
    Todos os dias colocamos receitas novas e textos informativos sobre o que de melhor e mais interessante ocorre no mundo do diabetes.

    Explore nossas seções de Receitas e Dietas para ter uma idéia do nosso conteúdo!

    Avise-nos sempre que encontrar alguma dúvida ou problema – estamos aqui para saná-los rapidamente.

    Abraços,
    Equipe Diabeticool