Disney ampliará distribuição de material sobre diabetes

1

Livros educativos estrelados pela macaquinha diabética Coco chegarão a mais 18 países ainda este ano. Brasil pode estar na lista.

coco goes back to school diabetes

Coco (à esquerda) é uma macaquinha diabética e super animada criada pela Disney em 2011.

Uma parceria de sucesso está prestes a ganhar fôlego novo. A empresa farmacêutica Lilly anunciou na terça-feira, dia 30, que ampliará os trabalhos conjuntos com a Disney. Desde 2011, as duas empresas desenvolvem materiais educativos voltados para crianças diabéticas, em especial as que estão com diabetes tipo 1.

A parceria tem dado tão certo que estes materiais serão agora lançados em mais 18 países ao redor do mundo. Até então, eles haviam sido divulgados apenas nos EUA.

“Nós vimos o impacto positivo que nossa colaboração teve nas família que convivem com o diabetes tipo 1 nos EUA ao longo dos dois últimos anos, e estamos contentes em expandi-la”, revelou Andrew Hodge, vice-presidente da Lilly Diabetes.

Tal expansão será realizada através da distribuição de livrinhos infantis, feita por intermédio de profissionais da saúde. As historinhas trarão personagens conhecidos da meninada, com o Mickey, em situações comuns à rotina das crianças com diabetes. Outro personagem que aparecerá com destaque nestes materiais é a simpática e extrovertida macaquinha Coco. Coco tem diabetes, porém cuida com esmero de sua saúde e, portanto, é capaz de viver normalmente e participar de diversas aventuras com sua turma.

+ Leia aqui a matéria especial do Diabeticool sobre a macaquinha Coco e saiba tudo sobre esta nova personagem da Disney!

Exemplos de material educativo lançados em parceria entre a farmacêutica Lilly e a Disney nos EUA. Crédito: diabetesmine.com

Exemplos de material educativo infantil lançado em parceria entre a farmacêutica Lilly e a Disney nos EUA. Crédito: diabetesmine.com

De acordo com um comunicado divulgado à imprensa, a meta deste projeto conjunto entre a indústria farmacêutica e a de entretenimento é ajudar as crianças diabéticas a compreender e superar os desafios diários (e de longo termo) que terão de enfrentar no cotidiano. O foco do material educativo está naquilo que as crianças conseguirão fazer em suas vidas, ao invés do que não poderão fazer.

“A experiência que a Lilly Diabetes tem com a doença, aliada à tradição da Disney em contar ótimas histórias, nos dão a oportunidade de inspirar e motivas crianças e famílias com diabetes tipo 1”, disse Andrew Sugerman, vice-presidente executivo da Disney Publishing Worldwide.

Infelizmente, as empresas deixaram de mencionar quais são os 18 países que receberão a nova leva de livrinhos educativos. As probabilidades de o Brasil estar incluído na lista são grandes, dado o tamanho da população diabética no país e o fato da Disney ter uma história de mais de 50 anos – e de grande sucesso – no mercado editorial nacional. Vamos torcer para que o Brasil esteja realmente na lista e que, assim, nossas crianças docinhas tenham uma ajuda a mais na hora de lidar com as situações complicadas do dia-a-dia que o diabetes pode trazer.

“O objetivo da Lilly Diabetes é trazer segurança, saúde, conforto e um pouco de magia para as crianças de todo o mundo”, comentou Hodge. As crianças brasileiras merecem também conhecer esta magia!

 

Sorry, there are no polls available at the moment.
Compartilhe!
  • Adriana Tomaz

    Este tipo de material é essencial, mas infelizmente não é fácil encontrar tais materiais didáticos para crianças. Pesquisei muito na internet pra conseguir uns 3 (ilustrado de forma lúdica). Minha filha tem 4 anos, e foi diagnosticada aos 2anos 4meses.