Dez supercomidas superpoderosas

3

A Associação Americana de Diabetes libera lista com alimentos benéficos à saúde de quem possui diabetes

A maioria dos alimentos é bem conhecida dos brasileiros e pode ser facilmente encontrada nos nossos supermercados. Apesar de alguns deles aumentarem os níveis de açúcar no sangue, tal acréscimo é pequeno e concomitante a vantagens nutricionais ímpares. Vale lembrar que, apesar de serem considerados benéficos para os diabéticos e terem seu consumo estimulado por nutricionistas, é fundamental comê-los com parcimônia! Eis a lista:

Batata doce: muito mais do que um monte de amido, é um vegetal repleto de vitamina A e fibras.

Blueberry: também conhecido como mirtilo no Brasil. Assim como o morango e demais frutinhas vermelhas, são pacotinhos de antioxidantes, vitaminas e fibras. De acordo com muitos diabéticos, este tipo de alimento aumenta menos a glicemia do que as demais frutas.

Feijões: não importa o tipo: todos possuem enorme quantidade de fibras – meia xícara de feijão contém cerca de um terço das necessidades diárias de fibras. Além disso, essa meia xícara fornece também tantas proteínas quanto 30g de carne.

Frutas cítricas: como laranjas, limões e grapefruit. Importantes por fornecerem as quantidades diárias de fibras e de vitamina C.

Grãos inteiros: quando os grãos são processados, como em pães feitos com farinha de trigo enriquecida, a enorme maioria dos nutrientes é perdida. Em especial, cevada e farinha de aveia são fontes importantes de fibras e potássio.

Leite e iogurte magros: além do cálcio, estes alimentos são usualmente vendidos em versões “fortificadas”, uma boa opção para suprir as demandas diárias de alguns nutrientes, como a vitamina D, cuja importância para o diabetes já mencionamos aqui.

Nozes: apenas 30g de nozes e sementes podem combater a fome e oferecer uma grande quantidade de lipídios bons para a saúde; algumas delas, inclusive, são ótimas fontes de ômega-3, como as sementes de linhaça.

Peixes ricos em ômega-3: como o salmão, são uma ótima pedida. Desde que não empanados ou fritos, processos que destróem boa parte dos nutrientes.

Tomate: seja cru, em forma de purê ou como molho, oferece nutrientes vitais como vitamina C, ferro e vitamina E.

Vegetais folhosos verde-escuros: como o espinafre, provêm energia e nutrientes em abundância, mesmo contendo pouquíssimas calorias e carboidratos.

Fonte: USA Today

Imagem: graur codrin/FreeDigitalPhotos.net

Compartilhe!
  • Muy buenos los comentarios sobre la alimentaciòn para ayudar a controlar la diabetes. Estaria bueno tambien recibir aprtes sobre medicina natural para combatirla ya que se habla de muchos casos curados con hierbas y alimentos salubables.Gracias

  • Devanil Giusto Fujiwara

    .minha neta de 3anos está com diabete tipo1.como ajudar aceitar as picadas ver glicemia e insulina????

  • Carlos Alberto Barbosa

    Sou diabetico a mais ou menos uns 9 anos, tenho muita duvida no que comer e o que comer, gostaria que me enviasse lista com quantidade do que comer diaria mente.