Curso de aprimoramento em diabetes para farmacêuticos tem vagas

0

ADJ Diabetes Brasil e Sindusfarma abrem vagas do Curso de Aprimoramento em Diabetes para Farmacêuticos (Aprifarma), também para estudantes da área.

Com o intuito de sensibilizar mais profissionais que vão trabalhar diretamente em farmácias, a ADJ Diabetes Brasil abre inscrições para o curso Aprimoramento em Diabetes para Farmacêuticos (Aprifarma) e também para os estudantes de farmácia. As organizações perceberam que os jovens estudantes estão no momento de aprendizado e têm mais disponibilidade para o curso, que inclusive possui um preço acessível. A iniciativa tem o formato e-learning, com tutores de diferentes áreas da saúde. As inscrições podem ser feitas por meio do portal: http://aprifarma.adj.org.br.

A iniciativa foi idealizada a partir da publicação da RDC 44/2009 pela Anvisa, norma que estabelece critérios para prestação de serviços farmacêuticos, dentre os quais glicemia capilar, procedimentos operacionais padrão relacionados aos procedimentos de aferição, interpretação de resultados e administração de medicamentos prescritos pelo médico.

“O farmacêutico está mais próximo às pessoas, pois enquanto o paciente vai ao médico em média a cada três ou seis meses, está na farmácia todo mês. Assim, o profissional atua como educador não apenas em relação ao diabetes, mas em relação a outras doenças”, comenta a equipe da ADJ e do Sindusfarma.

Dessa maneira, o curso forma profissionais que adquirem conhecimento, habilidades e competências para praticar educação em diabetes. Além disso, a iniciativa promove estruturar e construir uma rede de multiplicadores, visando desencadear um processo de avaliação e aplicação dos conhecimentos por meio de metodologia ativa e prática.

“Assim, poderemos contribuir para os programas de governo na redução de problemas de saúde decorrentes de diabetes, como redução de internações, orientações para adesão ao tratamento, monitoramento e orientação permanente da glicemia”, explica a equipe.

O formato de ensino à distância utiliza a mais adequada tecnologia disponível, que inclui recursos multimídia associados ao acompanhamento por monitores especializados. Na plataforma do Aprifarma, há ferramentas de comunicação que permitem que o aluno aprenda em seu tempo livre, necessitando apenas de um computador com conexão à internet.

O programa educacional aborda o Diabetes Mellitus, desde noções gerais, incluindo conceito, classificação, fisiopatologia, fatores de risco, epidemiologia, critérios para diagnósticos, sintomas, formas de tratamentos para DM1 e DM2, interações medicamentosas, complicações e técnicas de monitorização e de insulinização. O programa é dividido em módulos com perguntas específicas, para revisão sobre retenção dos conteúdos e com uma prova ao final para certificação. Serão avaliadas as possibilidades para a realização de Oficinas presenciais por região, onde serão explorados os aspectos mais práticos da monitorização glicêmica e da insulinização.

A ADJ Diabetes Brasil (ADJ) tem parceria com a Federação Internacional de Diabetes (IDF), o Conselho Federal de Farmácia (CFF), o Conselho Regional de Farmácia de São Paulo (CRF-SP) e o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), e conta ainda com o apoio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Ministério da Saúde, Federação Nacional dos Farmacêuticos (Fenafar), Federação Interestadual dos Farmacêuticos (Feifar) e Sociedade Brasileira de Diabetes.

As inscrições têm o custo de R$35,00 e podem ser feitas por meio do portal: http://aprifarma.adj.org.br.

Fonte: Divulgação

 

Compartilhe!