Com 1000 novos casos por ano, cidade foca na prevenção

0

Aprenda as estratégias de um município que busca reverter o aumento drástico no número de casos de diabetes.

plymouth reino unido diabetes

A cidade inglesa de Plymouth possui cerca de 260 mil habitantes. Cerca de 5% deles já são diagnosticados como tendo diabetes tipo 1 ou tipo 2. E esta porcentagem tende a aumentar muito: pelos menos mil novos casos de diabetes são registrados anualmente no município. Além disso, estima-se que pelo menos mais 3 mil habitantes estejam com diabetes tipo 2 não diagnosticada, o que aumenta os riscos para complicações sérias como doenças cardíacas e retinopatia diabética.

Como a cidade está lidando com este grave problema de saúde?

De acordo com representantes do governo, o foco principal é na prevenção. A Inglaterra é um país no qual a noção de que prevenir é melhor – e mais barato! – do que remediar é bastante prevalente. Por isso, hospitais e centros de saúde estão trabalhando juntos a fim de alertar a populações sobre atividades que possam aumentar o risco de desenvolver o diabetes. Ademais, equipes médicas ficam de plantão a fim de atender prontamente os diabéticos que procuram cuidados médicos.

“O Centro de Diabetes Plymouth do Hospital Derriford está trabalhando muito para reduzir os riscos de diabetes. Nós temos um time de consultores, enfermeiras especializadas na doença, uma nutricionista especializada em diabetes e um podólogo também especialista que trabalham com seus colegas do hospital e da comunidade.”, contou Lizzie Moore, enfermeira-chefe do mencionado hospital, um dos maiores de Plymouth. “Nós mantemos clínicas de especialistas aqui no Hospital dedicadas a fornecer suporte àqueles com diabetes tipo 1 e tipo 2 e também temos clínicas mensais que atuam na comunidade local.”

plymouth reino unido diabetes 2Graham Cooper, representante da Diabetes UK, uma importantíssima ONG pró-diabéticos inglesa, comentou o caso de Plymouth: “Fazer com que as pessoas sejam diagnosticadas o mais cedo possível significa que elas poderão iniciar o tratamento e evitar os problemas de saúde devastadores (decorrentes do diabetes).” Ele complementou: “Assegurar que as pessoas em risco de desenvolver diabetes tipo 2 tenham noção disto e do quê elas podem fazer para reduzir este risco pode diminuir bastante o número de pessoas que terão a doença.”

O controle do diabetes no Reino Unido costuma ser excelente, apesar de problemas na economia e corte de gastos públicos com a saúde. Talvez o segredo seja justamente este foco na prevenção da doença, o que evita futuros gastos com as complicações que podem surgir em conjunto com o diabetes.

Compartilhe!