Astros da NBA se unem a diabéticos em campanha

0

O esporte mais popular dos EUA ajudará a divulgar informações sobre o diabetes e estimular hábitos saudáveis de vida, em uma iniciativa que bem poderia ser importada pelo Brasil.

dribble to stop diabetes logo

O basquete norte-americano vai apoiar novamente em peso a causa do diabetes este ano. Pela terceira vez consecutiva, a NBA (Associação Nacional de Basquete), a WNBA (a associação feminina) e a liga júnior da NBA trabalharão em parceria com a farmacêutica Sanofi e a Associação Americana de Diabetes em uma grande campanha educativa focada exclusivamente em diabéticos e em pessoas com riscos de desenvolver a doença – um grupo que, segundo levantamentos recentes, pode englobar 70% da população dos EUA. Os primeiros eventos da campanha “Dribble to Stop Diabetes” (“drible para parar o diabetes”, em tradução livre) ocorrerão no início de fevereiro.

A meta do programa é encorajar hábitos de vida saudáveis, a prática de exercícios físicos regulares e a alimentação saudável, além de fornecer informações sobre o diabetes. Para isto, três famosos jogadores de basquete – Tamika Catchings, Danny Granger e Andre Iguodala – foram eleitos “embaixadores” da campanha e aparecerão em comerciais que serão veiculados na televisão e na página da NBA na internet. Outras maneiras de divulgar a mensagem positiva da campanha serão a distribuição de material educativo em jogos da Liga profissional e a realização de eventos com astros do esporte, nos quais a prática de atividade física será estimulada.

Educar as crianças é prioridade no projeto.

Educar as crianças é prioridade no projeto.

Um dos focos principais da campanha sempre foram as crianças. Por isso, a NBA montará pequenos eventos ao redor de todos os EUA, nas quais profissionais da saúde brincarão com os pequenos e ensinarão novos exercícios e dicas esportivas. Durante as atividades, é comum surgir algum atleta famoso para participar dos exercícios. Este tipo de ação educativa, chamado de FIT Clinic, é um dos grandes sucessos de público da “Dribble to Stop Diabetes”.

“Nosso objetivo de educar fãs de todas as idades para que vivam uma vida ativa e saudável, em face da crescente epidemia de diabetes, continua a crescer em importância”, disse Dennis Urbaniak, representante da Sanofi.

Danny Granger, um dos embaixadores, deu sua opinião: “A campanha Dribble to Stop Diabetes conscientiza as pessoas sobre a prevenção do diabetes e dá ênfase à importância de uma nutrição adequada e exercícios físicos regulares”. Assim como boa parte dos demais embaixadores da campanha, que possuem relação íntima com o diabetes, Dennis também possui motivos pessoais para colaborar com a iniciativa: “Sendo um profissional do basquete e alguém com histórico familiar de diabetes, minha saúde é minha prioridade e tenho orgulho de dar suporte a uma iniciativa que encoraja nossos fãs a adotar um estilo de vida ativo e saudável.”

 

Educação sobre diabetes na hora certa

A campanha da NBA e da Sanofi é muito bem-vinda. Conscientizar e educar as pessoas sobre os perigos do diabetes mal administrado, além de alertá-las acerca de práticas que minimizam as chances de desenvolver a doença, são ações fundamentais em qualquer sociedade moderna. Sem contar que estas são maneiras simples e extremamente eficientes de melhorar a qualidade de vida da população. Mais do que tudo, elas são necessárias: uma pesquisa divulgada semana passada deixou preocupados muitos epidemiologistas e profissionais da saúde. O estudo concluiu que 1 de cada 2 ingleses – os quais, supostamente, possuem boa educação – não considera que o diabetes seja um problema de saúde a ser levado em consideração, e que 10% da população não faz idéia do que seja o diabetes mellitus.

O site da campanha pode ser acessado através do link ao lado: “Dribble to Stop Diabetes“.

 

Compartilhe!