As picadas no dedo estão com os dias contados

0

Cada vez mais surgem maneiras de medir a glicemia sem as incômodas picadas no dedo para coleta de sangue. A novidade desta vez usa saliva, lágrimas e urina.

Uma das atividades mais desagradáveis para os diabéticos, em especial os do tipo 1, é ter de retirar sangue da ponta dos dedos a fim de acompanhar as taxas de glicemia. Soluções para este dolorido problema surgem a cada ano: já noticiamos aqui, por exemplo, as tirinhas que medem a quantidade de açúcar no sangue através do xixi. Mas, pelo que parece, a novidade da vez é bem mais dinâmica e fácil de usar do que estas tiras de papel…

E se eu não estiver com vontade de fazer xixi?

Um novo medidor de glicemia, anunciado no periódico científico Advanced Functional Materials, é capaz de detectar quantidades inimaginavelmente pequenas de glicose não apenas no sangue, mas também em lágrimas, na saliva e, é claro!, na urina.

Desenvolvido em co-parceria entre pesquisadores da Universidade Purdue, nos EUA, e do U.S. Naval Research Laboratory, o medidor é capaz de detectar glicose em concentrações de até 0.3 micromolar, o que o torna mais sensível do que qualquer medidor atualmente no mercado. Além disto, devido à maneira como é projetado, ele pode ser utilizado na identificação de outras moléculas do corpo humano, através da troca de apenas um de seus componentes .

Jonathan Claussen, um dos pesquisadores envolvidos no projeto, explica: “Por utilizarmos a enzima glicose oxidase neste trabalho, ele é apropriado para o diabetes. Mas a gente poderia simplesmente trocar esta enzima por, por exemplo, glutamato oxidase, para medir o neurotransmissor glutamato em testes Parkinson e Alzheimer, ou então por etanol oxidase para monitorar níveis alcoólicos em bafômetros. (Nosso medidor) é muito versátil, rápido e portável.”

Continue lendo a matéria aqui!

 

Mais uma boa notícia para quem não agüenta mais furar a ponta dos dedos várias vezes por dia para medir a glicemia! O último método inovador que apresentamos no site, o das tirinhas de papel, tinha também alguns inconvenientes, como a ter de aplicar a urina no papel através de uma seringa especial – o que significa que teríamos que coletar o xixi nesta seringa antes, de alguma maneira! O novo medidor dos americanos parece resolver todos estes problemas. Já pensou que delícia poder saber, com uma precisão assombrosa, a sua taxa de glicose no sangue com um pouquinho da sua saliva? Ou então através das lágrimas de alegria que cairão por não ter mais de picar os dedos?!

 

Compartilhe!