Alimentos ricos em flavonoides podem proteger contra o diabetes

0

Pesquisa aponta que alto consumo da substância gera efeitos que levam a menor risco de desenvolver a doença.

Aquela porção generosa de frutas e legumes que os nutricionistas indicam consumir todos os dias pode proteger contra o diabetes tipo 2, de acordo com uma pesquisa da Universidade de East Anglia, no Reino Unido, e do Kings College de Londres.

Segundo os pesquisadores, são os flavonoides, encontrados em alguns desses alimentos, que trariam o benefício. As descobertas, publicadas no Journal of Nutrition, indicam que o consumo dessas substâncias está associado a uma menor resistência à insulina e uma melhor regulação da glicose no sangue. A pesquisa descobriu ainda que os alimentos com flavonoides também podem reduzir uma inflamação que, quando crônica, está associada a diabetes, obesidade, doenças cardiovasculares e câncer.

De acordo com a líder do estudo, Aedin Cassidy, a pesquisa concentrou-se em alimentos ricos em flavonas, como ervas, legumes, salsa, tomilho e aipo, e em ancitocinas, como frutas vermelhas, vinho, e vegetais de cor azulada.

— Este é um dos primeiros estudos em humanos em larga escala que olha para a forma como esses bioativos poderosos podem reduzir o risco de diabetes. Estudos laboratoriais demonstraram esse tipo de alimentos pode modular a regulação da glicose no sangue, que afeta o risco de diabetes tipo 2. Mas até agora pouco se sabe sobre como o consumo habitual pode afetar a resistência à insulina, a regulação da glicose no sangue e a inflamação em seres humanos — explica Aedin.

Os pesquisadores investigaram quase duas mil mulheres saudáveis que completaram um questionário alimentar para estimar a sua ingestão de flavonoides e de seis subclasses da substância. A regulação da glicose e a inflamação foram medidas por exames de sangue.

Os resultados apontaram que aquelas que consumiam muitos alimentos ricos em flavonoides e apresentaram menor resistência à insulina, sofreram menos inflamação crônica e melhoraram os níveis de uma proteína que ajuda a regular processos metabólicos, efeitos que levam a um menor risco de desenvolver diabetes tipo 2.

Os flavonoides são encontrados em alimentos como frutas vermelhas, uva, soja, maçã e cebola, entre outros.

Fonte: Zero Hora

 

Compartilhe!