Alimentação saudável: quanto mais colorida melhor!

0

Alimentar-se bem é fundamental para manter a saúde sempre impecável e prevenir o diabetes tipo 2. Aprenda algumas dicas neste delicioso texto!

Um cardápio balanceado é o segredo de uma boa alimentação. No meio da correria, pode ficar difícil escolher os ingredientes certos para um prato equilibrado. Na dúvida, fica a lembrança: quanto mais colorido, melhor. Além de deixaram a refeição mais apetitosa, as cores ainda desempenham um papel importante para nossa saúde. Sabia?

 

Os alimentos de cor vermelha

São antioxidantes e contém licopeno, uma substância aliada à vitamina C. Auxiliam na prevenção do diabetes, da hipertensão, das doenças vasculares e do envelhecimento precoce, e impedem o aparecimento do estresse físico e mental. Ao grupo pertencem alimentos como: tomate, maçã, melancia, cereja, morango, caqui, framboesa, pitanga, romã, goiaba e outros.

Os alimentos da cor laranja

Alimentos como a manga, a abóbora, batata doce, o damasco e a cenoura, fornecem betacaroteno, vitamina A e vitamina C, sendo poderosos antioxidantes. Com isso, combatem os radicais livres e previnem o câncer, são benéficos para a pele e bons auxiliares no melhoramento da visão noturna.

Os alimentos da cor roxa, preta ou azulada

São responsáveis pela prevenção da coagulação sanguínea. Como contêm antocianina, um tipo de pigmento ligado à presença da vitamina B1, dão disposição mental e energia física. Beneficiam o sistema nervoso, os músculos, o coração, retardam o envelhecimento e neutralizam substâncias cancerígenas. Seus maiores representantes são amora, uva, figo, beterraba, repolho roxo, berinjela, jabuticaba, figo e o vinho tinto.

Os alimentos da cor marrom são representados pelos cereais integrais e sementes

Possuem grande quantidade de fibras, selênio e vitamina B e E. Suas funções ajudam a regular o intestino, agem no controle do colesterol, combatem a ansiedade, a depressão e também previnem contra o câncer. São encontrados em alimentos como nozes, avelã, canela, castanha, centeio, cevada, grão-de-bico, amêndoas, amendoim, arroz integral, aveia integral, feijão, lentilha, pão integral, pinhão, soja, tamarindo e trigo.

Os alimentos de cor verde

Muitas crianças fogem, mas são muito importantes por possuir propriedades anti-inflamatórias, protegem contra cataratas e reduzem o risco de diversos tipos de câncer. Previnem contra doenças cardíacas, diabetes, osteoporose, derrames, cáries, e ajudam na diminuição dos índices de mortalidade infantil. Também apresentam antioxidantes que combatem os radicais livres. Além disso, contêm ferro, cálcio, potássio, magnésio, vitaminas A, C, e K, e clorofila: um potente energético celular. Nessa classe estão os alimentos como espinafre, alface, abacate, ervilha, couve, rúcula, kiwi, manjericão, vagem, limão, pepino, abobrinha e outros.

Os alimentos de cor branca

Leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, cogumelo, banana, alho, cebola, couve-flor, feijão branco, maçã, pera, palmito, chuchu, mandioca, nabo e rabanete, são responsáveis por efeitos contra infecções. Ricos em minerais como o cálcio, eles ajudam na manutenção dos ossos e dentes. Por conta da vitamina B6, favorecem a respiração das células e ajudam no metabolismo das proteínas.

Fonte: Bonde

 

Compartilhe!