Agora é Lei: Lantus vai ser fornecida em todo país pelo SUS

16

Vitória na Justiça de ação do Ministério Público obriga todos os estados brasileiros a fornecer insulinas de longa duração. Descubra se você pode adquiri-las gratuitamente.

medico receita diabetes

Pouco adiantou o governo mineiro encomendar um estudo (veja no link abaixo) da UFMG para provar que não valia a pena fornecer insulina Lantus, de longa duração, gratuitamente para a população.

Agora, uma ação movida pela Ministério Público Federal (MPF) no Espírito Santo vai obrigar todos os estados brasileiros a fornecer tanto a insulina glargina (nome comercial “Lantus”) quanto a insulina detemir (ou “Levemir”) através do Sistema Único de Saúde.

+ LEIA TAMBÉM: Insulina Lantus gratuita está com os dias contados: Estudo científico defende que governos troquem a insulina Lantus, de longa duração (e preferida pelos diabéticos) pela NPH, muito mais barata.

Na semana passada, a ação do MPF foi aprovada pela juíza Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand. Desde o último dia 9, todos os estados brasileiros estão obrigados a fornecer as insulinas de longa duração através do SUS.

 

VANTAGENS & DESVANTAGENS

A vantagem destas insulinas de longa duração é que elas são capazes de manter a glicemia em valores adequados por muito mais tempo do que uma insulina normal. A detemir e a glargina têm uma duração total de 20 a 26 horas – uma das mais altas no mercado – e isto permite que um diabético tenha de injetá-las apenas uma vez ao dia. A manutenção da glicemia em valores ideais traz uma série de benefícios à saúde do paciente diabético e evita boa parte das complicações da doença, incluindo episódios de hipoglicemia, que são mais comuns com o uso de outras insulinas.

A contrapartida é que as insulinas de ação longa são mais caras do que as concorrentes de ação mais rápida. Este foi o argumento utilizado no estudo da UFMG mencionado acima. O trabalho afirma que não há, na literatura científica, provas de que as insulinas de longa duração são tão melhores que as de ação rápida que justifiquem o investimento a mais necessário para comprá-las.

A juíza Maria Allemand discorda. Na sentença, ela explica que “as evidências científicas já são consideráveis” a favor das insulinas de longa duração no controle da glicemia em pacientes com dificuldade de controlar as taxas de açúcar no sangue, e lembra que “o custo-benefício [destas insulinas]é aceitável, tanto que já há estados que as fornecem”.

levemir insulina diabetes

A insulina detemir (comercialmente vendida como “Levemir”) entrou na lista das que serão distribuídas pelo SUS.

 

AS INSULINAS BOAS NÃO SÃO PARA TODO MUNDO

Apesar da ação julgada na última semana obrigar os estados a fornecer as insulinas detemir e glargina à população, elas não serão distribuídas para todo mundo. As insulinas de longa duração serão dadas apenas aos pacientes que, comprovadamente, não conseguem manter a glicemia em valores adequados através do uso de insulinas regulares, já oferecidas pelo SUS.

Ou seja, só poderá receber de graça as insulinas de longa duração quem tiver provas médicas de que o tratamento convencional não está funcionando (o paciente não consegue manter a glicemia em valores ideais ou apresenta episódios freqüentes de hipoglicemia).

“(…) O benefício em foco não se destina a garantir a substituição indiscriminada das drogas atualmente usadas em todos os casos”, mas “dirige-se, exclusivamente, àqueles casos que não obtêm resultados satisfatórios com as insulinas regulares”, escreveu a juíza Maria Allemand.

 

Compartilhe!
  • Elaine Artesanatos

    Eu tenho encontrando uma dificuldade imensa para conseguir a insulina Lantus para minha filha,ela faz uso desta insulina a algum tempo, tenho os laudos médicos, cópia de prontuário de hipoglicemia severa, mas mesmo assim já é a terceira vez que os papeis voltam sempre com uma folha a mais para preenchimento. Se quem recebesse esses papéis tivessem a mesma atenção e carinho das pessoas que me atendem em minha cidade era bem diferente.Com a volta destes documentos fica parecendo que não se importam com o paciente, o que é mais preciso para provar que ela faz uso da Lantus Glargina e depende da mesma para sobreviver. Fiquei muito feliz em saber que agora o governo terá que ver com mais carinho os casos enviados a esse respeito. Ótima notícia.

  • paula

    Oi Elaine a minha filha tbm faz uso dessa medicação e na minha cidade tiver que entrar com uma ação na Dpu, ao qual foi favoravel a ela e eu já recebo esse medicamentos desde de 2011.

  • Carlão

    O Brasil é um país complicado, onde políticos mineiros complicam a vida da população para beneficiar as industrias e fábricas dos “amigos de campanha”. MAS…Em 2006 o ex presidente Lula sancionou a lei 11.347 de 27/09/2006. Em seu art.1º, o apendice 2º diz..: ..”sempre que se fizer necessário, para se adequar ao conhecimento cientifico e à disponibilidade de novos medicamentos, tecnologias e produtos no mercado”, e tudo está incluso : distribuição gratuita de medicamentos e materiais necessários à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar aos portadores de diabetes inscritos em programas de educação para diabéticos. Todos nós sabemos que as principais industrias que fabricam insulina no Brasil estão no estado de Minas Gerais.., mas tais insulinas fabricadas aqui, não acompanharam a evolução das insulinas fabricadas na Europa e EUA, que diga-se de passagem muitos superiores as insulinas mineiras que os políticos querem nos empurrar goela abaixo pelo SUS. Que é Uma atitude racista e preconceituosa por parte dos deste políticos.., assim como as montadoras de veículos nos empurram goela abaixo banco traseiro sem encosto de cabeça e cinto de três pontos para o passageiro do meio. UM COMPLETO ABSURDO O QUE OS POLÍTICOS FAZEM NESTE PAÍS !!…….VAMOS DAR UM BASTA NESSA POCA VERGONHA..!!!!!
    (NÃO APLIQUEM ESSA PORCARIA DE INSULINA NPH, JÁ MATOU MUITOS DIABÉTICOS ATRAVÉS DE SEUS PICOS HIPOGLICEMICOS)

  • Renato da Silva Ribeiro

    Moro em Minas, e a atenção dada, não só à saúde, mas também à educação (não pagam o piso salarial mínimo estabelecido por lei aos professores) é bastante precária.

  • Eligio Mary Filipe Matheus Cor

    Olá Elaine, uma forma de vc conseguir essa insulina é indo no Ministério Público comunicar este fato, daí o Promotor(a) vai ajudá-la.

  • Ailsson

    Como faço pra conseguir esse medicamento? O meu caso é urgente

  • Josi Laine

    Para conseguir o medicamento os laudos tem de ser do sus ou pede ser de planos de saúde?

  • Julio Cesar Rosa

    Vivemos em um país realmente interessante: é necessário que o paciente passe por vários períodos de hipoglicemia ( com fortes possibilidades de morrer do coração ), para somente depois dessa prova, vir a receber a benesse do Estado.

  • Rafael Masgrau y Torres

    Gostaria de saber se a Lantus não poderá ser fornecida também pelas farmácias que dispõe de Farmácia Popular, como acontece com a NPH. Tenho laudo médico que comprovando as constantes hipoglicemias que tinha quando usava a NPH e que, depois que passei a usar a Lantus – há mais de um ano – praticamente elas desapareceram.

  • Renê

    Concordo plenamente com vc.
    Falou tudo que eu queria dizer
    Vergonhaa!! Vamos.lutar por nossos direitos.. pagamos um monte de imposto nesse país e não temos nem o direito de ter tratamento digno

  • Leandro

    OLA! venho em nome de minha namorada que ja é conveniada ao SUS e tem a Documentação medica do indocrinologista diagnosticando sua péssima condição glicemica recomendando a ultilização insulina de nivel superior, como a Lantus que tem longa duração, devido a minha namorada ter altas taxas de hiperglicemia que se desestabilizam constantimente.

    Gostaria de saber porque não vendem ou fingem que vendem a “insulina Lantos” nos postos de saúde conveniados ao SUS,e porquê?” só se encontra esta Insulina em balcões de farmacias particulares e com preços Surreais
    Pois pelo que divulgam neste site:
    >>”Na semana passada, a ação do MPF foi aprovada pela juíza Maria Cláudia de Garcia Paula Allemand. Desde o último dia 9, todos os estados brasileiros estão obrigados a fornecer as insulinas de longa duração através do SUS.”<<<

    Em Porto Alegre,RS, "porquê"? ainda não chegou, pois sempre que a solicito no balcão do farmacia do posto de saúde nunca á, não nos dão nem opção, sedo que estaria disposto até paga-la pois, sei que no posto de saúde sairia bem mais barato que nas farmacias particulares. Mas nem assim consigo, sei que "De graça" é praticamente impossivel de ter acesso a "Lantos",que é uma insulina muito mais Superior que as outras insulina comuns", pois para poder ter acesso a ela somente se você ja estiver escrito em alguma programa do governo ou algo do gênero, pois nos que ja a escrivi não obtive retorno algum e ja passa de anos de espera na fila, e como não temos acesso diário a internet devido a uma pequena dificuldades financeira, não consigo o devido acesso

    Gostaria de saber se alguem pode ajudar a mosntrando qual "site certo" que realmente de algum "retorno mais rapido" me mostrando como eu posso recorrer e quais são estes programas,e procedimentos que devo fazer para escreve-la e conseguir ter direito a Insulina "Lantus".
    Que Deus ilumine a todos
    e Obrigado desde ja

  • César Ribeiro de Lima

    Paula que caminhos Vc utilizou para conseguir a Lantus, no caso preciso para meu Filho de 18 anos.

  • paula

    césar eu peguei um relatório com a medica, inclusive com a quantidade diária de unidades , depois fui até a secretaria de saúde minha cidade e dei entrada em processo de fornecimento da medicação , aguardei 15 dias pela resposta que foi negativa então pedir a eles uma negativa administrativa onde eles informam que o município não fornece. A partir dai fui ate a DPU ( Defensoria Publica da União ) e dei entrada em outro processo só que dessa vez abrangendo as secretarias municipal , estadual e federal , Aguardei um prazo de 48 horas onde a justiça determinou pelo fornecimento da medicação de imediato sobre muta diária de 300,00 reais na época , o que não foi comprido por eles , retornei a DPU onde foi onde exigiram de novo o fornecimento com uma multa de 1000,00 diária caso não cumprissem , e apos 24 horas eles passaram a me fornecer o medicamento , ai todo mês é mandando pra um posto de saúde da minha cidade onde assino um comprovante de recebimento , pois é dessa forna que eles provam pro ministério da saúde de que estou realmente recendo a medicação .
    Espero ter ajudado

  • paula

    Oi Josi o meu foi particular , porem tem que ter carimbo e o crm do medico juntamente com resultados de antes e depois do uso da medicação , isso serve com prova de que o o medicamento está sendo mais eficaz do que a NPH . O laudo tem que constar tbm as unidades de uso que para eles fazerem os cálculos de quanto francos serão necessários pra um mês , já que é fornecido o franco com 100 iuml e não de 3 iuml como nas farmácias

  • César Ribeiro de Lima

    Muito Obrigado Paula; Ajudou bastante; vou “correr” atrás também!

  • Jose Antonio

    Em minas tem o processo de alto custo, so procurar o farmaceutico municipal que ele te passa a lista de documentos….mas procurem um bom medico, tem muitos medicamentos novos para diabetes..