A polêmica do óleo de peixe

5

Afinal de contas, vale ou não vale a pena ingerir ômega-3 para melhorar a saúde e ajudar a controlar o diabetes? Veja aqui o que dizem as últimas novidades da Ciência.

OBS: Há muito tempo se acredita que o óleo de peixe – mais especificamente uma molécula conhecida como ômega-3 – traz diversos benefícios à saúde e tem o poder de controlar o diabetes. No dia 18.06.2012, o Diabeticool publicou uma matéria que relatava que os propagandeados efeitos positivos do ômega-3 no coração não eram lá tão poderosos assim. Todavia, a Ciência também evolui. Novos estudos foram feitos, desta vez focando na atuação direta do ômega-3 no controle da glicemia. Ricardo Schinaider de Aguiar nos conta, a seguir, as empolgantes descobertas!

 

oleo de peixe omega 3 diabetes

por Ricardo Schinaider de Aguiar, especial para o Diabeticool

A ingestão de ômega-3, tipo de gordura encontrada principalmente em peixes, pode ser uma boa maneira para se prevenir o diabetes. A conclusão é de um estudo realizado por pesquisadores de Harvard, que mostrou a relação do ômega-3 com um importante hormônio associado à regulação da glicemia, chamado de adiponectina. A pesquisa foi a primeira que observou essa relação em humanos.

A adiponectina é produzida por nosso próprio corpo e está envolvida com o metabolismo de gorduras e com a regulação dos níveis de glicose no sangue. Esse hormônio está reduzido em pessoas diabéticas e já foi comprovada sua relação não apenas com o diabetes tipo 2, mas também com a obesidade, Síndrome Metabólica e aterosclerose (entupimento de veias e artérias). Segundo esse novo estudo, o ômega-3 pode aumentar os níveis de adiponectina, ajudando na prevenção do diabetes e de doenças cardiovasculares.

Os testes clínicos foram realizados com mais de 1300 pessoas. Dentre elas, 682 foram tratadas com suplementos de ômega-3, enquanto outras 641 receberam apenas placebos. Após 8 semanas, os níveis de adiponectina no sangue daqueles que receberam o ômega-3 aumentaram, em média, 0,37 mg/mL.  “Baseado na associação observada entre adiponectina e diabetes tipo 2, um aumento em 0,37 mg/mL de adiponectina poderia corresponder a uma chance 3% menor de desenvolvimento de diabetes”, diz Jason Wu, primeiro autor do estudo. “Nossos resultados indicam, portanto, que a ingestão de ômega-3 pode ser benéfica no controle da glicemia e no metabolismo de gorduras”.

O ômega-3 não é produzido por nosso organismo, o que significa que precisamos ingeri-lo em nossa dieta. As principais fontes naturais são os peixes, especialmente as sardinhas e os salmões, e ele é comercializado também em forma de cápsulas de suplementos alimentares. Antes de comprar suplementos alimentares, porém, é sempre importante a consulta com um médico ou nutricionista.

Ricardo Aguiar é formado em Ciências Biológicas pela Unicamp e atualmente faz o curso de “Especialização em Divulgação Científica” no Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor), também pela Unicamp.

 

Compartilhe!
  • Esta informação é muito util, ajuda na prevenção de determinadas doenças, principalmente, diabete. É uma informação nobre e cristalina. Sou grata a esta informação.

  • João Silva de Oliveira

    tenho diabete tipo 2, estou tomando omega3, 1 de manha – 1 almoço – 1 na janta, e meu diabete não baixa de 200mlg, o que fazer, obrigado.

  • PAULA FERNANDA

    QUAL A REFERENCIA DESSE ESTUDO? ONDE POSSO CONSULTA-LO?

  • Olá, Paula!

    O estudo foi publicado no The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism e pode ser consultado a partir deste link. Por se tratar de uma publicação científica, é necessário que você acesse o conteúdo através de assinatura, geralmente cedida por instituições de ensino superior.

    Um abraço,
    Equipe Diabeticool

  • Rodolfo Oliveira

    Existem muitos suplementos que ajudam a controlar os sintomas. Tem um site chamado enutri, onde eu costumo comprar alguns suplementos para diabeticos. Vou deixar o link caso alguém queira dar uma olhada http://www.enutrionline.com.br