A descoberta do diabetes através dos olhos

0

Retinopatia diabética da mãe inspira filho oftalmologista a criar centro avançado de cura para problemas de visão causados pelo diabetes.

O médico James Powers realiza exame ocular em sua mãe, Teresa Habib.

Nos anos 90, o oftalmologista americano James Powers resolveu testar em sua família um novo método diagnóstico de problemas oculares. Para sua surpresa, o exame de sua mãe revelou que ela tinha retinopatia diabética (relembre aqui o que é a retinopatia e quais são seus sintomas). Além disso, James encontrou um outro sério problema, desta vez metabólico, através dos olhos de sua mãe: o diabetes.

Graças a este diagnóstico precoce, sua mãe, Teresa Habib, hoje vive de maneira saudável, feliz e tem a visão em condições boas. A descoberta de que tinha diabetes veio na hora certa: pouco tempo depois, Teresa sofreu um derrame e teve que passar por cirurgias de ponte de safena, todas conseqüências do seu diabetes, durante muito tempo mal cuidado. Felizmente, ela sobreviveu aos tratamentos e comemorará em breve seu 50o. aniversário de casamento.

Quem conhece a família Powers acha difícil de acreditar que a visão de Teresa esteja razoavelmente boa. Isto porque ela têm, além da retinopatia diabética, catarata, glaucoma e olhos secos. Todas as condições são decorrentes dos muitos e muitos anos em que teve diabetes tipo 2 mas não sabia, e por isso não se cuidou. Em vista disto, após o exame que realizou nos anos 90, James resolveu abrir uma clínica especializada na cura e prevenção de problemas oculares relacionados ao diabetes. Utilizando tecnologia de ponta e muita informação, James é capaz de manter sob controle as doenças oculares da mãe, apesar de tantos problemas, e de sua legião de pacientes, permitindo que eles tenham uma qualidade incrivelmente alta de visão.

A história de sua mãe inspirou James, em adição a abrir a própria clínica, iniciar uma série anual de simpósios e exposições na sede de seu instituto de saúde, em New Port Richey, na Flórida. A última edição ocorreu mês passado. Além de informar a população sobre os sintomas das doenças oculares causadas pelo diabetes e como tratá-las, o intuito das mostras é entender o diabetes de maneira “holística”. Isto é, educar as pessoas sobre as melhores maneiras de tratar o diabetes e todas as suas influências no organismo. “Nosso [maior]objetivo é fazer os diabéticos perderem peso, comerem de maneira mais inteligente, sentirem-se melhor, diminuírem o número de visitas ao médico e diminuírem a dependência a remédios“, garante uma das organizadoras do evento.

Foco em educação sobre a doença, somado aos tratamentos de ponta oferecidos por James, formam uma maneira certeira de aumentar, em muito, a qualidade de vida de qualquer diabético!

Continue lendo a matéria aqui!

 

Compartilhe!